Kamilla Warneck, uma jovem atriz erótica brasileira e que já fez centenas de filmes para adultos, assumiu publicamente seguir o cristianismo evangélico. Tal como informa o site do jornal “Correio da Manhã”, a brasileira de 25 anos, em uma entrevista ao programa “Pornolandia”, afirmou que está sendo muito atacada por ter assumido que segue a #Religião cristã, apesar de sentir que não existe qualquer tipo de conflito naquilo que ela acredita e o que faz na sua profissão. Também o relacionamento com sua família não é o melhor, mesmo que eles não saibam da verdadeira profissão de Kamilla, mas sim apenas o fato de ela ser homossexual.

Ao contrário do que a religião defende, alguns atores e atrizes eróticos, principalmente nos últimos anos, têm se convertido à religião cristã, mesmo que isso seja considerado ridículo para muitas pessoas.

Publicidade
Publicidade

Foi precisamente isso que aconteceu com Kamilla Warneck que, depois de ter conseguido alcançar fama e sucesso considerável na sua profissão, sentiu uma enorme onda de ódio por apenas confessar naquilo que acredita e defende na sua religião, a mesma que a sua família a ensinou desde infância.

"Sigo a religião evangélica e não acredito que isso entre em conflito com a minha carreira. Eu sou uma boa pessoa, tenho um bom coração”, garantiu de forma muito direta a jovem atriz na sua entrevista ao programa que, como se pode concluir pelo nome da atração, esta também ele focado em assuntos relacionados com o conteúdo erótico. “Deus vê o interior dos nossos corações. Só ele pode julgar o bom e o mau que fazemos. E eu faço o bem pelos outros”, confessou visivelmente incomodada Kamilla, que tem sentido muito atacada nas redes sociais e por outros evangélicos por ter admitido publicamente os seus ideais e aquilo que defende.

Ao contrário do que se poderia prever com a declaração inesperada de Kamilla, a jovem parece não pretender terminar sua carreira bem-sucedida como atriz na área de filmes eróticos, parecendo estar muito confortável com aquilo que faz, pensa e acredita.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos brasileiros, até aqueles que costumam assistir ao trabalho de Kamilla, concordam que existe um claro confronto de ideais da carreira pornográfica com a religião evangélica, torcendo ainda assim para que a jovem possa ser feliz e que suas escolhas possam ser respeitas. Pensam que Kamilla tem todo o direito de assumir a religião cristã evangélica? Deixe sua opinião na caixinha de comentários embaixo. #porno