Apesar da sua situação judicial estar muito complicada, depois de #Emilly ter dado uma “facada” e ter admitido que tinha sido agredida no seu depoimento, #Marcos parece não estar “nem aí”. Tal como informa o site “1News”, o ex-participante conseguiu tornar o Baile da Colheita, pouco conhecido no Brasil, em uma verdadeira festa louca recheada de mulheres bonitas. Através das suas publicações nas redes sociais, Marcos fez com que sua noite se tornasse um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, recebendo muitas milhares de curtidas com seus vídeos e fotos do evento.

Ao contrário do que muitos estavam aguardando, e até contrariando as informações de muitos órgãos de comunicação sociais, Emilly decidiu confirmar que tinha sido agredida por Marcos no BBB17, fazendo com que a Delegacia tivesse que indiciar, oficialmente, o caso para o Ministério Público.

Publicidade
Publicidade

Porém, mesmo tendo sido “traído” por Emilly e correndo sérios risco de poder ser preso, caso condenado, Marcos parece estar aproveitando da melhor forma a sua enorme popularidade, tornando um Baile pouco conhecido em uma festa de fazer inveja a muitas que são realizadas com famosos.

Como informa o site, Marcos passou grande parte da sua noite animada tirando muitas fotografias com as pessoas presentes no Baile da Colheita, compartilhando muitos desses momentos das suas redes sociais, incluindo sua conta oficial do “Instagram”, que já conta com mais de um milhão de seguidores. Ao que tudo indica, teria sido mesmo a irmã do ex-participante do BBB que decidiu informar publicamente que Marcos iria estar presente no evento, causando imediatamente um enorme interesse para as pessoas que moram perto do local do evento.

Publicidade

Para os muitos seguidores que não conseguiram aproveitar essa noitada louca e muito animada, eles fizeram questão de compartilhar e elogiar a felicidade de Marcos durante essa festa, apesar dos enormes problemas que ele pode enfrentar na Justiça brasileira, caso o Ministério Público, depois de analisar todas as provas, decidir ou não avançar com esse processo de alegada violência doméstica para os tribunais competentes. A delegada responsável pelo caso, Viviane Costa, já informou que, em casos semelhantes, caso o agressor seja considerado culpado, ele pode ser preso por um período de até três anos. Resta agora perceber se o caso for a tribunal, e Emilly for novamente chamada a depor, a vencedora do “reality show” da Globo vai continuar dizendo que foi agredida. Lembrando que que a jovem estudante, durante o confinamento, em momento algum afirmou que tinha sido agredida pelo ex-namorado. #BBB 17