Danilo Gentili, um dos maiores comediantes do país, não pode fazer qualquer brincadeira que já há grande reverberação. Talvez seja o preço da fama, ou os tempos para muitos difíceis, onde qualquer comentário dói em alguém. No tempo da comunicação multifacetada, falar algo que saia da linha reta gera revolta e até acusações de crime. Foi o que houve com o contratado de Silvio Santos. Gentili, que apresenta o 'The Noite', talk show do SBT, foi acusado de racismo. Tudo depois que ele tirou uma foto com sua assistente, Juliana Oliveira, e a chamou de chocolate.

"“De um lado esse maravilhoso chocolate que comerei o dia todo nesse domingo tão especial. Do outro lado um ovo de Páscoa escrito meu nome”, disse ele.

Publicidade
Publicidade

Na legenda, estavam Danilo, Juliana, que no programa é muito mais zoada do que nessa foto, e um ovão de Páscoa. A imagem, é claro, era para comemorar o fato de que o domingo que passou era um feriado religioso, que para os cristãos celebra à ressurreição de Cristo, mas também para dizer que a comilância é bem vinda.

Talvez o chocolate seja um dos alimentos mais amados por todos, mas mesmo assim, comparar ele à assistente, de pele negra, fez com que Danilo Gentili ganhasse a alcunha de racista. Irritado, o apresentador passou essa segunda-feira, 17, questionando sites que publicaram matérias dizendo que ele foi acusado de racismo. Mais tarde, a própria Juliana Oliveira tem o tom do mundo chato em que vivemos e que a liberdade pode ser afetada. Ela o defendeu, mas de maneira humorada. Um golpe de mestre.

Publicidade

O apresentador não gostou de uma reportagem do site 'Catraca Livre', que insinuaria que ele teria feito um comentário considerado racista. Em represália ao site, ele publicou um comentário que não dá para ser transcrito por conter linguagem chula. Além disso, Danilo Gentili compartilhou uma mensagem escrita pela própria Juliana, que usou às redes sociais paras defender o seu 'Palmitão', apelido do humorista por ser bastante alto.

Veja o final surpreendente de toda essa história. O apresentador chamou outra assistente, de pele branca, e também decidiu brincar. Juliana fez uma interpretação de rosto triste, não gostando nadinha de ter sido trocada por outro "chocolate".

E você, acredita que chamar alguém carinhosamente de chocolate é preconceito? O mundo não está um pouquinho chato? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas dos mais diversos. #Famosos