As polêmicas têm perseguido o ex-BBB, Marcos Harter. Recém expulso por agressão do Reality Show, na segunda-feira (10), vem à tona mais uma novidade sobre o cirurgião-plástico.

Em 2013, ele foi acusado por Eliane Cristina Minatti, colega de trabalho da época em um hospital em Diadema, São Paulo por danos morais.

Desde de 2013, os oficiais de justiça não o encontram para fazer citação na ação e informá-lo de que existe um processo contra ele.

Patrícia Zaparoli, advogada de Eliane, deu o endereço do Projac da Globo para que os oficiais encontrassem Marcos. Antes mesmo de deixar a casa do BBB na segunda, ele recebeu a visita dos oficiais.

Publicidade
Publicidade

Patrícia falou que teve muita dificuldade em encontrar um endereço de Marcos nesses 4 anos, para dar continuidade ao processo. Marcos mudou várias vezes.

O processo por danos morais que Eliane abriu foi por Marcos ter compartilhado imagens dela em sua página do Facebook. Os dois trabalhavam juntos. Segundo a advogada, isso foi exposição na mídia.

A advogada pede indenização de 50 mil reais. Após a notificação, Marcos tem 15 dias para contestar.

Caso Emilly

Está marcado para esta quarta-feira o depoimento de Marcos na #delegacia da mulher em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Segundo informações, ele já chegou para depor.

Ele está sendo acuso por lesão corporal contra sua namorada na casa do #Big Brother Brasil, Emilly Araújo, de 20 anos.

No último final de semana, o casal teve uma briga dentro da casa, que preocupou familiares e amigos de Emilly e os telespectadores do programa.

Publicidade

Muitos internautas ligaram para o 180, Central de atendimento à Mulher, e denunciaram as agressões do ex-Brother.

A delegada Viviane Costa foi aos estúdios da Globo para pedir imagens da briga do casal, e ver se houve lesão corporal por parte de Marcos.

Muitos fãs de Emilly e famosos fizeram uma hashtag no Twitter pedindo que o programa expulsasse o participante.

Na segunda-feira, Marcos foi chamado ao confessionário e não voltou para o programa. O apresentador Tiago Leifert fez o pronunciamento, ao vivo, de que Marcos estava expulso. Emilly ficou arrasada, pensando que a culpa era dela. A todo momento dizia que não queria que aquilo estivesse acontecendo.

Ontem, dia 11, Marcos publicou em sua conta no Twitter um pedido de desculpas e disse que nunca teve a intenção de machucar Emilly, e que o programa tem o formato de levar as emoções ao extremo e deixar os nervos à flor da pele. #agressão