O #Big Brother Brasil está sendo marcado por diversas polêmicas e brigas. Desde o início do programa muita coisa aconteceu. Dessa vez, um assunto está virando caso de polícia. Tudo isso por causa de uma discussão entre Marcos e #Emilly que repercutiu na internet e na televisão. O casal estava em um bate-boca no domingo e Marcos chegou a ir para cima de Emilly, colocou o dedo na boca dela e a impediu de falar. A briga gerou polêmica na internet e muitas pessoas comentaram sobre o ocorrido. Alguns defenderam Emilly e disseram que Marcos passou dos limites, outros estão do lado de Marcos e defendem o participante, alguns são imparciais e falam que os dois se merecem.

Publicidade
Publicidade

A diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro, Marcia Barreto, abriu um registro de ocorrência após ver imagens das brigas entre o casal Emilly e Marcos, um dos agravantes foi quando Emilly disse ter sido machucada. A delegada Viviane da Costa Ferreira Pinto é quem vai acompanhar o caso. Ela vai solicitar todas as imagens que envolvem as brigas entre o casal, para a emissora Globo, que é a responsável pela transmissão do reality show. A delegada chegou a dizer que Marcos pratica “tortura psicológica” e que isso é considerado um tipo de violência doméstica. Esse termo se enquadra na lei Maria da Penha e a denúncia pode ser feita por qualquer um, em caso de agressão física, não apenas por quem sofre a violência.

Como a briga se espalhou pela internet e deu o que falar, até o apresentador Tiago Leifert decidiu se pronunciar.

Publicidade

O apresentador disse que o domingo, 09 de abril, foi muito tenso, tanto para os participantes, como para o pessoal da produção e para quem acompanha o programa pela internet e pelo Pay Per View, referindo-se às discussões entre Marcos e Emilly. Tiago ainda disse que Emilly já foi comunicada pela produção que a qualquer momento pode procurar os responsáveis pelo programa, para que tomem as devidas providências. Completou falando que o programa mostra o que pode acontecer na vida real sem as câmeras e que o programa não vai admitir qualquer tipo de agressão em nenhum momento e que está preparado para agir se for preciso.

Fora da casa, até uma amiga de Emilly se pronunciou, ela disse que se o cirurgião tocar em Emilly, quando ele sair vai ter que se resolver. Dienifer Trindade é amiga de infância da participante. A moça ainda disse que não reconhece o comportamento da amiga dentro do reality show e que terá uma conversa séria com ela, assim que ela sair da casa. O programa está perto de seu fim e muita coisa ainda pode acontecer. #BBB Big Brother Brasil