#Marcos, o médico cirurgião que participa do BBB 17, arranjou um novo problema com a justiça, no último fim de semana. Após constranger e machucar Emilly, Marcos corre o risco de ser indiciado por #Violência doméstica, assim que um inquérito aberto contra ele, for concluído.

A informação foi divulgada pela delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher, do Jacarepaguá, no Rio, Viviane da Costa Ferreira Pinto. A autoridade policial deixou claro que houve violência doméstica e que a delegacia já solicitou imagens do ato, para a TV Globo, a fim de apurar se houve violência física.

A delegada quer confirmar a informação de Emilly, de que estava com o pulso doendo pelos apertões, e dessa forma saber se inclui lesão corporal, junto com a agressão psicológica e o constrangimento que a jovem sofreu, dentro do programa.

Publicidade
Publicidade

Família de Emilly quer que a Globo tome uma atitude

Os familiares de Emilly, como sua irmã, Mayla e seu pai, estão indignados com as imagens de Marcos tratando a estudante mal. Mayla avisou, através de uma rede social, que seu pai procurou a produção global, para pedir que tomem medidas contra Marcos, pois ele já atingiu seu limite e do jeito que está, não pode ficar.

Até a formação do Paredão de sábado, 8, Mayla fazia campanha a favor de Marcos, na internet, mas a gêmea acabou ficando devastada ao ver sua irmã sofrendo no Big Brother Brasil.

Crime contra os deficientes físicos

Há alguns dias, Marcos menosprezou Marinalva por sua condição física, dizendo que ela tirava a prótese para se fazer de coitadinha. Além disso, chamou a sister de cavalo manco, enquanto jogava xadrez com Emilly.

O comportamento do brother configura crime contra os portadores de deficiência e está previsto no artigo 88 da LBI.

Publicidade

Caso seja processado, a luta do médico não será mais para permanecer no BBB, mas sim para não ser condenado a pena máxima de 5 anos de reclusão.

Os fãs de Marcos, na internet, apoiam suas condutas lesivas e criticam quem acha que ele errou, mas a maioria das pessoas, até mesmo quem já havia declarado não gostar do comportamento de Emilly, ficaram contra ele e a favor da moça, após os abusos.

O mesmo se deve aos seus comentários infelizes sobre Marinalva. Marcos pode ser processado na esfera penal, bem como ela pode, se quiser, pedir indenização pela humilhação sofrida, sendo um direito garantido para vítima.

O que você acha que vai acontecer no desfecho dessa história? Deixe um comentário e opine! #BBB Big Brother Brasil