A expulsão de Marcos Harter da casa mais vigiada do país, o Big Brother Brasil 2017 (BBB 17), continua movimentando os fãs do programa mesmo próximo da final. Emilly, Vivian e Ieda estão garantidas na quinta-feira para saber quem vencerá a edição, mas, do lado de fora, #Marcos teve que arcar com as consequências dos seus atos. Hoje, dia 12 de abril, ele teve que ir para a Delegacia da Mulher, em Jacarepaguá, para depor no inquérito policial que investiga se ele cometeu agressão física contra sua companheira dentro do Big Brother.

Nas imagens que foram divulgadas pela internet durante os últimos dias, Emilly aparece junto a Marcos discutindo bastante.

Publicidade
Publicidade

Em alguns momentos, ele aperta o seu braço e ela diz que está machucando. Outras vezes, a estudante pede que ele pare. Alguns flagrantes exibem Marcos encurralando Emilly contra a parede, apontando o dedo na cara, gritando e não a deixando falar. As duas atitudes foram consideradas pelos espectadores e pessoas que denunciaram como violência física e psicológica contra a mulher.

Caso Marcos seja indiciado, poderá ser enquadrado no crime de agressão, previsto no Código Penal, e também contra a mulher, constante na Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340/2006).

Visita à delegacia

Durante a tarde, o médico cirurgião plástico que foi expulso do BBB 17 depôs a respeito do caso na presença da delegada Viviane Pinto, titular da delegacia especializada em violência contra a mulher. Em entrevista para a imprensa, explicou do que se trata o crime de lesão corporal e como aconteceu a expulsão de Marcos da casa mais vigiada do país.

Publicidade

Segundo Viviane, ao contrário de como tem sido divulgado por diversos sites de notícias, não foi ela e nenhuma autoridade que pediu que a Globo expulsasse Marcos do BBB.

A decisão foi tomada pela diretora do departamento que cuida dos brothers.

"Ela nos ligou e nós analisamos os momentos e vimos que ali havia indícios do crime de lesão corporal praticados contra a participante Emilly. Por isso, decidimos instaurar o inquérito policial para apurar o crime de lesão corporal", disse.

Viviane esclareceu também que as fitas que mostram as cenas de agressão foram solicitadas na segunda-feira. Ela falou também que a decisão é unilateral da TV Globo, que poderá a qualquer momento expulsar qualquer outro participante.

Marcos deu depoimento no mesmo dia, mas não quis falar com a imprensa sobre o assunto.

A Globo exibirá a final do Big Brother Brasil nesta quinta-feira, após as 22h. #Marcos e Emilly #BBB Big Brother Brasil