Os ex-bbbs #Emilly e #Marcos, que fizeram parte da edição do Big Brother Brasil 17, foram alvos de diversos comentários nas redes sociais por causa do relacionamento que viveram na casa mais vigiada do Brasil. O relacionamento foi bastante conturbado e agora estão passando por um processo judicial. Essa questão tem dividido diversas opiniões. Em depoimento prestado por Emilly, ela confirmou que houve agressão de Marcos no BBB17.

O casal várias vezes discutiu e brigou feio dentro da casa do Big Brother Brasil. Essas brigas eram constantes e em algumas delas foi visto pelo público agressões por parte do participante Marcos a Emilly.

Publicidade
Publicidade

Por conta disto, Marcos foi eliminado do programa. Assim que ele saiu, foi notificado que teria que prestar depoimento a policia com relação as agressões cometidas.

Marcos nega agressões: "Não tive a intenção de machucá-la"

No depoimento, ele disse que nunca teve intenções de machucar Emilly. Disse também que eles tinham convívio como qualquer casal comum, que era normal existir brigas e discussões. Ele pediu desculpas aos fãs e a família de Emilly pelo que estava acontecendo, e afirmou que tudo iria se resolver. Marcos havia recebido apoio por parte de seus fãs e críticas por diversas pessoas que acompanharam a trajetória do casal e se revoltaram com a situação.

O inquérito foi aberto a pedido da delegada Marcia Noeli Barreto, diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio.

Publicidade

Marcos foi acusado por agressões físicas, psicológicas e violência doméstica.

Emilly presta depoimento á Delegacia Especializada no atendimento a mulher

A polícia ficou a espera da saída de Emilly para prestar seu depoimento para confirmar se realmente houve ou não agressões por parte de Marcos. Ela depôs na delegacia Especializada no Atendimento a Mulher de Jacarepaguá. A delegada Viviane Costa foi quem ouviu o depoimento da jovem, que confirmou que foi agredida por Marcos.

Além da declaração de Emilly, a polícia teve como provas também imagens da Rede Globo e um exame de corpo delito para comprovar que houve as agressões. Através dessas evidências, chegaram a conclusão de que ele teve absoluta intenção de machucá-la.

Marcos foi indiciado na lei Maria da Penha. O relatório da investigação foi encaminhado pela delegada ao Ministério público. Marcos estará sujeito a receber uma intimação formal por agressão. #BBB 17