Na manhã desta segunda-feira, dia 17 de abril, a vencedora do Big Brother Brasil 2017 (BBB 17), a estudante Emilly, foi prestar depoimento na Delegacia de Polícia da Mulher (DEAM) do bairro de Jacarepaguá, no Rio. A jovem foi falar sobre o caso de agressão dentro do programa, que culminou na expulsão do brother Marcos desta edição.

O médico já falou tudo o que sabia para a polícia, que abriu inquérito policial para investigar o que aconteceu nos estúdios Globo, após diversas denúncias de violência à mulher. O crime é enquadrado no Código Penal e também na Lei Maria da Penha, que defende diversas mulher de seus namorados, maridos e amantes.

Publicidade
Publicidade

A decisão de expulsar Marcos, porém, conforme informou a titular da Delegacia da Mulher, foi tomada exclusivamente pela direção da Globo. Marcos concorria junto com Emilly ao prêmio de R$ 1,5 milhão, levado na final pela moça.

Nas imagens exibidas nos vídeos feitos dentro do programa Marcos aparece falando muito alto com a jovem, apontando o dedo para sua face e também empurrando ela contra a parede. Em imagens feitas no jardim da casa, o casal discute e Marcos chega a apertar o braço dela e sentar em cima da jovem.

Vídeo da chegada ao local

Desde cedo, foi montado um verdadeiro "plantão" em torno da Delegacia da Mulher de Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro. Diversos jornalistas, repórteres e curiosos ficaram "plantados" em frente à unidade policial para ver #Emilly chegar para depor.

Publicidade

Ao desembarcar do carro, a jovem não quis assunto com a imprensa e apenas se disponibilizou para conversar com os oficiais da delegacia. Emilly, anteriormente, afirmou que Marcos não havia a violentado, mas ainda assim decidiu, durante uma entrevista minutos após sua saída da casa, não dar continuidade ao namoro que mantinha dentro do Big Brother Brasil 2017.

O casal foi um dos mais polêmicos da história do programa, pois não tiveram vergonha nenhuma ao fazer sexo explícito em frente às câmeras, debaixo do edredom.

Fãs vão até delegacia

Para quem achou que os fãs da estudante deixaram de segui-la após o fim do programa, isso não aconteceu. Mesmo durante o processo que pode ser aberto contra o médico Marcos Harter, eles prometem estar atrás dela para apoiá-la.

Até mesmo a torcida que ajudou a dar o prêmio para Emilly estava no local. Já circulam na web vídeos dos seguidores dela aparecendo no local desde cedo. Alguns fãs provocaram a rival de Emilly dentro do programa, falando que "não tem team Vivian aqui".

Veja abaixo imagens publicadas por eles na internet:

#Emilly e Marcos #BBB Big Brother Brasil