O último episódio da sétima temporada de #The Walking Dead trouxe o que muitos fãs queriam ver durante a temporada toda, confrontos, reviravoltas, tiros, mortes e sentir novamente a sensação que tiveram no primeiro episódio da temporada, quando Negan leva Abraham e Glenn numa tacada só.

O personagem chave do episódio 16º, que teve como título "The First Day of the Rest of Your Life", em português "O primeiro dia do resto da sua vida", foi #sasha. Durante vários flashbacks, eram mostrados diálogos com Abraham, e aos poucos começamos a entender o por que dela decidir se sacrificar pelo grupo todo.

Negan pretendia usar Sasha como meio para machucar #Rick e os outros.

Publicidade
Publicidade

Possuindo um do grupo de Alexandria, Negan facilmente assumiria o comando. O que ele não esperava é que a personagem causasse uma reviravolta que desse a oportunidade de Rick reagir, ou melhor, dos outros reagirem a traição de Jadis e seu grupo. Um ponto para Sasha por ter dado essa vantagem a Rick e surpreender Negan. Sem falar que ele foi quase mordido por ela. Quando Negan abre o caixão no qual Sasha estava, ela zumbificada tenta morde-lo e cai por cima dele. Foi bom ver Negan com medo depois de muito sorrisinho arrogante e irônico. Mas sabemos que ele é mais amedrontado ainda depois por Rick, Shiva e Maggie. E que o episódio em si foi mais um passo para a Guerra Total, grande arco dos quadrinhos no qual a série é baseada, que virá na oitava temporada da série. Ou seja, em outubro desse ano.

Publicidade

Sasha zumbificada é que da início ao tiroteio, após tentar atacar Negan, ela morde um Salvador que ironicamente salvou Negan só para morrer. Mas a questão é que um zumbi é um alvo fácil, principalmente quando se está armado. Mas uma das coisas mais comentadas da morte da Sasha foi como ela, zumbificada, permaneceu "viva" até o final do episódio. E mais contraditório ainda, indo ao lado contrário do som do tiroteio. Levando em consideração que zumbis são atraídos por som.

Pela lógica, facilmente alguém podia ter matado ela após ter tentado atacar Negan. Também durante o tiroteio, qualquer um (dos Salvadores) poderia eliminar ela, já que era uma ameaça em potencial. Porém, o que mais ficou confuso foi porque Maggie e Jesus a encontraram no final do episódio numa floresta, distante de onde deveria ser atraída.

Mas esse pode ser mais um erro de roteiro para poder encaixar o próprio roteiro. Homenageando a personagem, ela não poderia morrer como um zumbi qualquer. E sim "sacrificada" por alguém do grupo, alguém próximo dela. Essa podia ser uma explicação para as ações dela zumbificada. Mas, simplesmente, os fãs podem ignorar esses detalhes, levando em conta que houveram outros: como a tigresa Shiva sabia quem atacar? Todos armados de fuzis num espaço consideravelmente pequenos e poucos morreram...

Sasha foi o personagem mais trabalhado no último episódio, tiveram flashbacks, foi tudo como um memorial para a morte dela. A sua morte teve muito significado e com certeza será lembrada para sempre.