Esse artigo foi atualizado.

Os fãs de 'Velozes e Furiosos 8' não param de contar os minutos para a estreia do oitavo filme da saga, previsto para a próxima quinta-feira, 13, aqui no Brasil. Mesmo com muitos anos após a morte do ator Paul Walker, ele continua sempre presente na saga, que no início era o protagonista. Em entrevista à revista masculina 'Men's Health', o galã Scott Eastwood, conhecido pelos filmes 'Gran Torino' e 'Esquadrão Suicida', decidiu falar sobre a saudade de Paul. De acordo com ele, como mostra uma reportagem do site '#Cinema com Rapadura', ele conseguiu sentir a presença de Walker durante as gravações do filme que estreia nessa semana.

Publicidade
Publicidade



Scott não deu detalhes sobre sua importância no filme, mas lembrou que era muito amigo do ator que morreu em um triste acidente de carro. Ele disse que o ator era um ser iluminado e que os dois se conheceram há quinte anos. Segundo Eastwood, Paul era uma espécie de irmão mais velho, um professor, aquela pessoa que sempre está disposta a ajudar a outra;

"Teve dias em que eu o sentia presente ali e de repente começava a chorar. Em alguns momentos, eu era tomado pela saudade que sentia dele”, disse o ator em desabafo bastante emocionado sobre o assunto, que agora ganha o debate dos fãs da saga, que continua com Vin Diesel à frente das batalhas eletrizantes de carros super caros e rápidos. O galã de 'Velozes e Furiosos 8' disse que só aceitou o projeto porque sabia que ele tinha um vínculo muito forte com Walker, eterno apaixonado por carros e que mal sabia que seria vítima de uma tragédia com um.

Publicidade

Veja também:

Han deve voltar em 'Velozes e Furiosos 8' e cena fará muitos fãs chorarem

Vin Diesel e The Rock brigam feio no lançamento de 'Velozese Furiosos 8'; vídeo

O ator garante que ficou muito emocionado com a presença forte de Paul Walker, mas que isso não atrapalhou sua interpretação, pois era como se ele já conhecesse aquele ambiente, como se sentisse verdadeiramente em casa.

Veja abaixo um vídeo que mostra uma homenagem ao ator morto em um acidente de carro:



E você, o que achou da entrevista do ator, acredita em vida após a morte, ou isso é uma maneira de nós humanos tentarmos esquecer as mazelas da sociedade? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes.