O músico Alceu Valença formou-se em direto pela Faculdade de #Direito da Universidade Federal de Pernambuco na década de1970. Naquela época não havia a obrigatoriedade do registo na Ordem dos Advogados do Brasil (#oab) e, além disso, o cantor não exerceu a profissão, pois preferiu investir na sua carreira musical. Na quarta-feira (5), aos 70 anos de idade e 40 anos depois da graduação, Alceu recebeu a carteira da Ordem.

O que é a OAB?

OAB é a sigla que corresponde à Ordem dos Advogados do Brasil. Ela é definida como serviço público, dotada de personalidade jurídica e forma federativa. A instituição reúne e representa a classe profissional dos advogados em todo o território brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Para exercer a advocacia no Brasil e suas atividades, o advogado deve constar nos quadros da OAB. Para isso, ele deve realizar e alcançar nota mínima no exame aplicado pela OAB. Só assim ele pode usar o título de advogado. Os atos do bacharel em direito que exerce a profissão sem estar devidamente inscrito na Ordem dos Advogados são considerados inválidos e nulos.

Quem é Alceu Valença?

Alceu Paiva Valença é um cantor e compositor brasileiro nascido em São Bento do Uma, no interior de Pernambuco, no dia 1º de julho de 1946. Quarenta anos depois de se formar em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco, atualmente Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o cantor pegou a carteirinha da OAB.

O documento foi entregue em mãos pelo presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz.

Publicidade

Para comemorar a entrega da carteira, o cantor fez uma apresentação musical durante festa privada no escritório de advocacia Maneira Advogados.

Apesar de já ter recebido a carteira da OAB, a informação da entrega do registro sem a aprovação no exame da Ordem causou algumas críticas e dividiu opiniões, uma vez que os estudantes de Direito afirmam que é injusto que o cantor receba o registro sem ter feito as provas, enquanto os outros bacharéis são obrigados a se submeter às duas etapas do exame para poderem exercer o direito no Brasil.

Após as críticas, o cantor recebeu a carteirinha da OAB e se pronunciou em sua defesa. #Alceu Valença disse que, apesar de concluído o curso e se formado em uma época em que o exame não era obrigatório, ele se sente feliz com a entrega do documento.

Alceu afirmou que, atualmente, não tem intenção nenhuma de trabalhar ou exercer a advocacia. Segundo o cantor e compositor, a vida dele foi feita com a sua carreira na música e que assim vai continuar.