Susllem Tonani, figurinista que ficou conhecida em todo o Brasil por denunciar o ator José Mayer por assédio sexual, terá que prestar um depoimento à polícia do Rio de Janeiro. O delegado que investiga o caso, Rodolfo Waldeck, em entrevista ao portal de notícias UOL, explicou que já convocou a profissional a se explicar sobre o que ocorreu e dependendo do que ela falar, o ator poderá ou não ser chamado. Esse pode ser o primeiro passo para um indiciamento na justiça, que pode levar à uma condenação.

O delegado não quis contar a data que a profissional estaria na delegacia, mas o depoimento deve ser realizado ainda nessa semana.

Publicidade
Publicidade

Não contar o momento que Susllem irá ao local pode ter uma explicação razoável, evitar que ela seja ainda mais exposta em torno do caso. Desde que denunciou o ator em rede nacional, através do blog 'Agora é que São Elas', do jornal 'Folha de São Paulo, a figurinista não quis dar nenhuma entrevista sobre o assunto.

Por enquanto o caso é tratado como assédio, mas como mostra a matéria do UOL, dependendo do que Susllem falar, o caso pode ser configurado como estupro. Isso porque desde 2009, com o novo código penal, não é necessário a conjugação carnal para que fique caracterizado o abuso sexual. Isso significa que o ato de #José Mayer ao passar a mão na vagina da profissional pode sim ser considerado estupro. A pena para isso, de acordo com o código penal brasileiro, varia entre seis e dez anos de reclusão, não tirando a necessidade de um pagamento de multa ou indenização por danos morais às vítimas.

Publicidade

O ator José Mayer, desde que o caso ganhou a mídia, pronunciou-se pela última vez naquela famosa carta aberta. No texto, ele solicitou desculpas e disse que seus atos de machismo eram frutos de uma geração ultrapassada. O galã, que há quarenta anos trabalha na Globo disse que tentaria mudar a forma como age e que era responsável pelos seus atos, eximindo a culpa da empresa em que trabalha. Esse tipo de comentário gerou críticas, até entre #Famosos. O apresentador Marcelo Rezende, por exemplo, revelou que isso não é uma questão de geração, mas sim de caráter, lembrando que ele e Zé tem a mesma idade, mas que Marcelo, segundo ele, teve educação e aprendeu a ser um homem de verdade.

A Globo também se pronunciou dizendo que, como sempre, é contra a violência e que o caso está sendo apurado. Nessa segunda-feira, 10, Marcos do BBB 17 acabou sendo expulso por indícios de agressão.