Faltam somente algumas horas para o tão aguardado retorno do seriado "Prison Break", da FOX. A quinta temporada, que funcionará como um revival de nove episódios, estreia hoje, 4 de abril, às 23h no canal da FOX.

Acontece que há tão pouco tempo da estreia, a emissora resolveu mexer com as emoções dos fãs, liberando nada menos que os cinco primeiros minutos, do primeiro episódio, de retorno de Prison Break por meio de sua página oficial do Facebook.

Atenção! O conteúdo a seguir contém spoilers da quinta temporada de Prison Break, prossiga por sua conta e risco.

Os primeiros segundos do episódio começam com uma narração de Michael Scofield (Wentworth Miller) em tom enigmático a respeito de sua suposta morte - quem esqueceria que Prison Break foi finalizada anos atrás com Michael morto? Em seguida, T-Bag (Robert Knepper) surge sendo liberado da cadeia, quando é surpreendido com um misterioso envelope que contém uma pista que sugere que Scofield ainda esteja vivo.

Publicidade
Publicidade

T-Bag decide, então, procurar o irmão de Michael, Lincoln Burrows (Dominic Purcell) para discutir a respeito do possível paradeiro do personagem.

Assista:

O que você achou da introdução desta nova fase? Como será que vão explicar o fato de Michael ainda estar vivo? Curiosidade é o que não falta! Dos principais integrantes do elenco original, retornam: Sara (Sarah Wayne Callies), C-Note (Rockmond Dunbar), Fernando Sucre (Amaury Nolasco) e Kellerman (Paul Adelstein).

Agora só resta que o público aguarde a estreia oficial de Prison Break, no canal da FOX, com transmissão simultânea norte-americana.

Vale citar que os roteiristas do seriado já confirmaram que Michael Scofield se tornou, após sua experiência de quase morte e os sete anos afastado de seus entes queridos, um homem sombrio e frio, bastante diferente do personagem que os fãs já conheciam.

Publicidade

Wentworth Miller chegou a comentar em entrevista ao Deadline que seu personagem não será mais o "herói" da trama. O fato de Michael trabalhar para um grupo de terroristas no Oriente Médio corroboram com estas declarações.

#Televisão #Seriados #PrisonBreak