Após briga no Big Brother Brasil entre o casal Emilly Araújo e Marcos Harter, a TV Globo expulsou o cirurgião da casa a 72 horas da grande final. A emissora alegou ter demorado por estar apurando o que teria acontecido e que eram vidas que estavam em jogo e não queriam se precipitar em seu julgamento, então, atendendo a um pedido da Delegacia da Mulher de Jacarepaguá para que esta medida fosse tomada, a emissora retirou Marcos da casa.

A TV Globo se justificou dizendo ser contra qualquer tipo de violência dentro e fora do BBB. Porém ao ser retirado do reality, Marcos foi encaminhado diretamente para um hotel no Rio de Janeiro, pago pela emissora e mais, a Globo ainda estaria oferecendo toda assistência jurídica e psicológica ao agressor.

Publicidade
Publicidade

Decisão da Globo revoltou internautas e colunista Léo Dias

O colunista de celebridades Léo Dias também se pronunciou sobre o caso do BBB17 em sua conta pessoal do Twitter "Diploma é muito bonito pra expor. Mas cadê o da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica? NÃO EXISTE! Ele não faz parte da Sociedade! Fato". E concluiu em outro post "Acho que a Globo irá tomar atitude mais racional hoje no BBB".

Nesta quinta-feira, dia da decisão final no Big Brother Brasil, Marcos que deveria estar concorrendo ao prêmio milionário, irá depor na Polícia Civil que está com o caso.

Em carta aberta Marcos pede desculpas e diz que estava no limite

Nesta terça-feira, dia 11, Marcos que foi expulso do reality da TV Globo, se pronunciou através de uma carta aberta em sua conta pessoal do Twitter pedindo desculpas a participante do BBB17 Emilly Araújo e para sua família, dizendo que nunca teve a intenção de machucá-la nem física ou emocionalmente e que ainda não está entendendo o que aconteceu.

Publicidade

Ainda finalizou dizendo: "O programa tem um formato destinado a levar nosso emocional ao limite, e consequentemente os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la. Estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly e sua família, demais participantes".

Mesmo com o pedido desculpas de Marcos os internautas não aceitaram bem o que o cirurgião fez, este assunto ainda estava nos top trends de mais comentados. Ainda na rede social, internautas se ajudam com um "apoio" à participante Emilly e outras mulheres que já passaram por um relacionamento abusivo, levantaram a hastag #EuViviUmRelacionamentoAbusivo. Lá troca-se informações e histórias de relacionamentos abusivos e se pede o fim da violência contra as mulheres.

Até o momento o programa noturno seguirá normalmente sua final com as três participantes Leda, Vivian e Emilly. #Abuso #EuViviUmRelacinamentoAbusivo #BBB Big Brother Brasil