Pedro Paulo Rangel é um dos maiores atores da televisão brasileira. Atualmente, ele está com 67 anos de idade. Sua última aparição na televisão foi há quatro anos. Em uma entrevista dada ao jornalista Bruno Astuto, o veterano tentou explicar o que o motivou a sair da telinha e acabou dividindo os fãs. Ele garantiu que passou da idade para continuar no ritmo de trabalho da telinha, lembrando que algumas gravações iam até às três horas da manhã. Após deixar a televisão, Pedro Paulo Rangel continua trabalhando com as artes, mas de outra maneira. Ele, no ano passado, por exemplo, apresentou-se em um teatro de São Paulo, o Nair Bello, nome que era o da amiga que trabalho com ele por tantos anos.

Publicidade
Publicidade

Cansado da TV

A peça, encenada pelo ator na época, o 'Como a Gente Gosta', era baseada no texto de um dos maiores escritores de todos os tempos, famoso também por 'Romeu e Julieta', William Shakespeare. O ator diz que não é bem que ele não queira sumir da televisão para todo o sempre, mas que somente voltará, caso apareça algum projeto muito bacana. Nesse meio tempo, ele prefere ficar livre. Uma das últimas polêmicas que envolveu o ator Pedro Paulo Rangel teve um galã da atualidade mencionado, Caio Castro. O ator garantiu em entrevista que não gosta de ir ao teatro, o que fez o veterano ficar completamente revoltado.

Ator garante que não sabia que estava detonando Castro

"Não sei quem é a anta e nem me interesso em saber, mas me regozijo de não tê-la pastando em nosso jardim", disse ele na época, rendendo muito sobre o assunto.

Publicidade

De acordo com o ator, que, durante muitos anos trabalhava na Globo, quando ele comentou o assunto, através da internet, ele sequer sabia que era o Caio Castro que havia dito tal frase, mas que, mesmo assim, saber que um ator, seja ele famoso ou não, não gosta de teatro, para Rangel, continua sendo um fato lamentável.

Polêmica sobre envolvimento com o pai de tudo

Pedro ainda lembra que, na época, o assunto foi reverberado também pelo pai do ator. Isso, segundo Rangel, virou um "bate tecla", que ele não quis ficar metido. Rangel ainda revelou que é muito triste o fato dele ainda ter que ficar correndo atrás de outras pessoas e de trabalhos. Ele diz que está na batalha e que lutará para ganhar bons trabalhos e o seu dinheiro.

Na sua opinião, o que ocorreu é justo. Sente saudades do que aconteceu? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes. #É Manchete!