Ao contrário do que se poderia esperar, depois de #Emilly, alegadamente, não ter dito nada para incriminar #Marcos, a verdade é que a Delegacia da Mulher, no Rio de Janeiro, achou provas suficientes de agressão para indiciar o ex-participante do BBB17. Tal como informa o site “GP1”, após terem ouvido os depoimentos dos dois envolvidos no caso de alegada violência doméstica, as autoridades analisaram os resultados do laudo pericial e chegaram à conclusão que lesões foram detectadas no corpo da jovem estudante depois daquela noite. Caso seja condenado por esse caso, Marcos pode ser preso por um período de até três anos.

Apesar de não ter mostrado grande preocupação com a investigação que estava sendo feita em relação à violência que usou contra Emilly durante o confinamento, a verdade é que Marcos vai ter mesmo que responder em tribunal pelo que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

De fato, antes mesmo deste comunicado oficial, Viviane Costa, delegada responsável pelo caso, já tinha garantido que não era por Emilly negar ou não a agressão que isso significa que Marcos não agrediu mesmo.

“Após as análises das imagens, das declarações prestadas e do teor do laudo pericial positivo, a autoridade policial indiciou formalmente Marcos Harter”, garantiu em nota oficial Viviane Costa, revelando que o caso vai agora ser encaminhado para a Promotoria da Justiça. Resta agora perceber como Marcos e o seu advogado vão conseguir se defender dessa caso gravo, visto que deveria ter sido o laudo positivo que fez com que as autoridades decidissem prosseguir com o processo.

Nas redes sociais, muitos seguidores de Marcos, que são mais de um milhão apenas na sua conta de “Instagram”, temem agora que o cirurgião plástico, além de ter sua vida profissional manchada, possa enfrentar uma dura luta judicial pelo que aconteceu dentro da casa mais vigiada do país.

Publicidade

De relembrar que, durante uma entrevista recente feita na sua página do “Facebook”, o cirurgião garantia que seria muito “injusto” caso tivesse problemas pelo que tinha acontecido durante os três meses que esteve no BBB17. Quanto a Emilly, depois de ter dado o seu depoimento na passada segunda-feira, dia 17 de abril, a vencedora do BBB não quis prestar nenhuma declaração acerca do caso, tentando ao máximo que esse problema possa desaparecer o mais rapidamente da sua vida. Pensam que Marcos vai mesmo ser condenado pelo que fez? Acham que uma pena de prisão é justa nesse caso? Deixe sua opinião embaixo. #Investigação Criminal