Uma das atrizes mais polêmicas da mídia brasileira, Luana Piovani, vai ter que ir à polícia nesta quarta-feira, 26. Acostumada a falar mal de várias personalidades, dessa vez, ela mexeu com "a pessoa errada", o ator Kadu Moliterno, que ficou furioso com as declarações da mulher do surfista Pedro Scooby. A informação foi confirmada nesta segunda-feira, 24, pelo jornal carioca Extra. Segundo o que acusa o ator da Record TV, Piovani o caluniou e difamou, quando usou o seu canal no YouTube para lembrar de acusações sofridas por Moliterno no passado. Ele já foi acusado de bater em uma ex-esposa e de agredir uma namorada. Luana questionou o fato do ator, que agora não trabalha mais na Globo, ainda estar no convívio da sociedade e não pagando por tais atos que foi acusado.

Publicidade
Publicidade

A polêmica começou no dia 3 de abril, quando Piovani, que está escalada para a próxima novela de Aguinaldo Silva, 'O Sétimo Guardião' lembrou que Kadu já havia sido o par dela na televisão. Ela citou uma polêmica capa da revista Veja, cujo título falava da agressão sofrida pela companheira do famoso. "Não foi a primeira vez e não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas para as revistas de celebridades", disse ela em tom irritado. Na ocasião, ela também citou o ex-namorado, o ator Dado Dolabella. Os dois foram alvo de revistas de fofocas e ela o processou por agressão. Hoje Dado não pode chegar perto de Luana.

Ao saber que foi citado por Piovani, o ator, sem citá-la, escreveu um texto explicitando que o melhor a fazer é não lembrar as "rusgas" do passado.

Publicidade

Já no caso de Kadu Moliterno, que agora processa a celebridade, ele diz que o que houve foi uma atitude sem legitimidade e desnecessária por parte da atriz. Ele ainda garante que lamenta profundamente o que Piovani fez, especialmente porque o caso que aconteceu há mais de uma década já teria sido resolvido. Moliterno garantiu que está cercado de amor e respeito pela família e que estava muito triste com o que ouviu no vídeo. Ele disse que as palavras da atriz, que atualmente está fora da televisão, foram completamente inconsequentes. Atualmente, Kadu é casado com Cristianne Rodriguez, que ganha a vida sendo uma "musa fitness".

Piovani ainda não comentou o fato de ter sido chamada para prestar depoimento sobre o vídeo que ela gravou no YouTube. Kadu pede uma indenização por danos morais de R$ 50 mil. O advogado dele, em entrevista ao Extra, argumentou que a famosa passou dos limites da liberdade de expressão. #Famosos