E o pior aconteceu para o médico Marcos no #Big Brother Brasil 2017 (BBB 17), a casa mais vigiada do país. Ele acaba de ser expulso pela direção do programa em uma decisão conjunta após diversas denúncias envolvendo ele e a sister Emilly. A polêmica da agressão repercutiu na web e a Globo não pode tomar outra decisão senão mandá-lo para fora do programa.

O médico foi convocado pela produção do BBB 17 na noite desta segunda-feira, dia 10 de abril, e recebeu a notícia de que não fazia mais parte do grupo que irá disputar uma vaga na final.

Sem poder se despedir de ninguém, ele saiu do confessionário direto para a "rua". O mesmo aconteceu com a jornalista Ana Paula na edição do passado do reality show, logo após dar um tapa no rosto de um colega de confinamento.

Publicidade
Publicidade

Uma das responsáveis pela expulsão do brother foi Viviane da Costa, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM-Jacarepaguá). A oficial esteve presente nos estúdios da TV Globo logo após as denúncias para averiguar a veracidade das imagens de violência feitas nas brigas entre Marcos e Emilly.

Logo após a "visita", foi instaurado um inquérito para, possivelmente, ser aberto um processo contra o médico.

Quem também teve que passar pelo procedimento de perícia foi a vítima, Emilly. Ela não afirmou para Tiago Leifert, apresentador do programa, que havia sofrido violência. Na noite de domingo, o jornalista a orientou a falar caso se sentisse no direito de fazer isso.

A Globo a submeteu a um exame de corpo de delito para averiguar se houve lesão corporal. Os dois tiveram uma conversa com o "Big Boss" no confessionário separadamente.

Publicidade

A Globo disse a ela seus direitos e também falou sobre a Lei Maria da Penha, que defende a integridade física da mulher em um relacionamento. Emilly também ficou ciente de quem tem o direito de ficar longe do "namorado".

A Rede Globo emitiu um comunicado antes mesmo do horário do programa, durante a exibição do "Jornal Nacional". William Bonner disse aos telespectadores que o canal repudia qualquer tipo de violência e que medidas seriam tomadas.

Antes da expulsão, foi montada uma campanha pelos apoiadores de Marcos na web. Os fãs do médico pediam apoio a ele e levantaram a hashtag "Força Marcos" pelo Twitter. Muitas pessoas ficaram revoltadas com a defesa do agressor.

Após Marcos ser mandado embora do BBB 17, a web voltou a se manifestar. Leia abaixo alguns dos Tweets mais compartilhados sobre o assunto:

#BBB Big Brother Brasil