O ex-BBB17 #Marcos foi denunciado pelo MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) na segunda-feira (24). O fato se deu após a Delegacia de Mulheres do Rio, através de sua delegada, acusar o cirurgião por violência contra Emilly.

De acordo com Gianfilippo Pianezzola, promotor público e que ficou com a responsabilidade do caso, os atos praticados pelo médico, contra a sua ex-affair dentro do reality indicaram agressão física contra a moça.

Segundo o superior, foi um tipo de abuso doméstico e de família. A acusação irá para o juiz responsável pela 3ª vara de infrações doméstica e da família, que cuida dos casos e abusos envolvendo violência contra a parte feminina.

Publicidade
Publicidade

O juiz decidirá se processará o cirurgião pelos atos de agressão à ganhadora do BBB17. O médico é acusado de ter beliscado a ex-affair na casa, por motivos banais e machucado o seu pulso.

A gêmea, enquanto estava na casa, se queixou de dores. Após acontecer o fato dele imobilizá-la contra a parede e apontar para o seu rosto, a delegada foi à emissora. Lá realizaram exames de lesão corporal em Emilly e foi comprovado que ela havia sofrido lesões.

Marcos foi expulso do programa e colocado para fora da casa através de seguranças e teve que ir à polícia para depor sobre o caso.

Emilly após vencer o Big Brother 17 precisou permanecer no Rio e compareceu à delegacia, também, para depor sobre o caso. Ela revelou para a superior, que havia sofrido agressões no programa, por parte do cirurgião.

Diante dos fatos é que a delegada resolveu abrir denúncia contra Marcos no Ministério Público.

Publicidade

E o caso foi parar nas mãos de Pianezzola que resolveu acatar. O promotor escreveu que "As agressões se realizaram, enquanto Marcos e Emilly se relacionaram na casa do BBB17".

A gêmea e o médico viveram um relacionamento louco na casa, o que lhes rendeu inimizades com os brothers. Rômulo foi um dos que não quis amizade ou qualquer tipo de aproximação com o casal. Os pombinhos dormiam juntos na mesma cama e internautas e seguidores do reality já flagraram momentos íntimos do casal.

Ela já pediu para o affair g**** em sua boca e este pedido da jovem causou nas redes sociais. Outros momentos de intimidade do casal deixaram suspeitas nos telespectadores. E o público questionou se eles haviam transado ou não.

Para Gianfilippo (promotor), Emilly aguentou muita violência e agressões psicológicas por parte do namorado. E agora, o que poderá acontecer com o médico? #Justiça #BBB Big Brother Brasil