Após ser expulso da casa do Big Brother Brasil 2017 e ser acusado de agredir a estudante Emilly Araújo de 20 anos com quem mantinha um relacionamento amoroso no reality show, o cirurgião plástico Marcos Harter, de 37 anos, decidiu por fim à relação.

Ele, que vem sendo investigado de agressão contra a mulher, resolveu se afastar definitivamente da sister que segue confinada no jogo e participa hoje da grande final do programa.

De acordo com informações passadas pelo jornal 'Extra', a decisão de romper com a estudante foi tomada após se distanciar dela e receber uma série de conselhos de familiares e amigos do ex-brother que acompanharam diariamente o convívio dos dois dentro da casa e nunca fizeram questão de esconder a insatisfação com o relacionamento.

Publicidade
Publicidade

Marcos, que segue confinado em um hotel próximo aos estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro, até o presente momento, não cedeu entrevistas e foi orientado a não se pronunciar sobre qualquer assunto relacionado ao reality.

O cirurgião foi intimado a prestar depoimento na manhã desta última quarta-feira dia 12 na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) em Jacarepaguá, zona oeste do Rio. Ele que chegou para depor às 11h em ponto e saiu da delegacia cerca de três horas depois, estava acompanhado de sua irmã Caroline Harter e três seguranças particulares. Ouvido pela delegada-titular Viviane Costa Ferreira, Marcos agora aguarda o laudo do exame de corpo de delito ao qual Emilly se submeteu no último dia 10 e também até que ela deponha sobre o caso. Emilly está intimada a comparecer à DEAM nesta próxima segunda-feira dia 17 para ser interrogada e prestar sua versão do ocorrido.

Publicidade

Entenda o caso

Considerado o casal mais badalado e polêmico de todas as dezessete edições do reality show global, #Emilly e Marcos protagonizaram inúmeros momentos de tirar o fôlego, bem como uma série de discussões em que demonstravam estar com os nervos à flor da pele.

De todas as trocas de farpas, acusações e desentendimentos ocorridos entre eles, o último aconteceu na madrugada de domingo dia 09. Os brothers que participavam da festa 'Emoções' promovida pela produção do programa, se afastaram das demais participantes e iniciaram uma discussão no interior da casa. Emilly que tomada pelo ciúme, indagou diversas vezes sobre o comportamento de Marcos durante uma conversa com Vivian, provou toda a fúria do namorado, que descontrolado com a situação, apontou o dedo no rosto da estudante e quando a mesma tentou se esquivar a segurou empregando tanta força que a mesma chegou a alertá-lo sobre a violência com que agia.

A atitude foi vista como machista e violenta pela diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio, Marcia Noeli Barreto que deu inicio às investigações. #Marcos Harter depoimento #Marcos BBB17