A edição do Big Brother Brasil 2017 deu o que falar! Isso porque na última semana o reality show teve uma grande reviravolta que deixou o público alvoroçado. Marcos Harter, o médico que namorava a estudante Emilly Araújo foi expulso do programa após uma possível agressão à namorada.

Fora da casa mais vigiada do Brasil, o cirurgião plástico prestou depoimento na Delegacia da Mulher, no Rio de Janeiro, e está sendo investigado por agressão contra a gêmea. Por sua vez, Emilly continuou na casa e mesmo desolada com a expulsão do amado, tornou-se a vencedora da edição.

Durante a final do programa, Marcos esteve presente e não foi parabenizá-la, o que gerou vários comentários nas redes sociais reprimindo a atitude do médico.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista divulgada em sua página do Facebook nesta segunda-feira (17), Marcos disse ter esperando pelo menos um abraço da estudante.

Ele afirmou ter ficado surpreso com a sister, pois ela falou por tanto tempo dentro da casa que queria dar um abraço no namorado e, no calor das emoções, não chegou nem perto dele. O brother disse que, diante disso, não quis ir atrás dela e resolveu respeitar seu espaço e de seus familiares.

Segundo ele, desde a final do programa ainda não conseguiu encontrar com a sister para conversar com ela. Marcos destacou que o futuro da relação entre os dois vai depender dessa conversa e que não pode afirmar se ainda ficarão juntos. Na entrevista, ele demonstrou interesse na conversa e disse estar ansioso para que aconteça o mais breve possível.

O médico comentou sobre o inquérito instaurado para investigar a possível agressão dentro da casa.

Publicidade

Ele afirmou que prestou depoimento e esclareceu tudo o que precisava ser esclarecido e ainda se colocou à disposição da polícia para o que for necessário.

Profissão

No post, Marcos disse ainda que seria injusto caso a exposição de sua imagem no programa prejudique sua vida profissional. Para ele, o que aconteceu dentro da casa não tem relação com sua vida profissional, até porque quem participou do programa foi uma pessoa comum e não um médico.

Segundo ele, seu trabalho como médico deve ser avaliado apenas por suas condutas profissionais e não por três meses em um programa de entretenimento.

Depoimento de Emilly

Emilly prestou depoimento na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira. Sem falar com a imprensa, ao sair da delegacia a vencedora do BBB foi surpreendida por muitos fãs que a aguardavam na saída do local.

Segundo a delegada responsável pelo caso, o depoimento dado pela estudante vai ajudar a esclarecer os fatos registrados pelas câmeras do reality. Além disso, a delegada destacou que em uma investigação é imprescindível que todos os envolvidos sejam ouvidos.

Leia na íntegra a entrevista de Marcos:

#Marcos e Emilly #MarcosnoBBB17 #BBB Big Brother Brasil