A edição de segunda-feira (10) do Big Brother Brasil deu o que falar. Isso porque após surgirem várias queixas nas redes sociais, que acusavam #Marcos de cometer agressão física e psicológica contra a namorada Emily dentro da casa, a Polícia Civil do Rio resolver intervir e, depois analisar as imagens do reality e fazer um exame clínico na participante, comprovou que de fato houve agressão dentro da casa mais vigiada do Brasil.

Marcos foi expulso da atração poucos minutos antes do programa entrar no ar. O apresentador do BBB, Tiago Leifert, comunicou aos telespectadores e às demais participantes, Emily, Vivian e Ieda, sobre a decisão tomada pela direção do reality.

Publicidade
Publicidade

Por sua vez, Emily ficou muito abalada com a informação e foi consolada pelas colegas.

Horas após o programa sair do ar, Marcos se manifestou sobre sua expulsão no Twitter. Ele publicou um pedido de desculpas no qual afirmou que nunca teve intenção de machucar a estudante. Na publicação, o cirurgião plástico disse que, como muitos casais, ele e a sister viveram momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão dentro da casa. Para ele, mesmo depois de serem expostos a todos esses sentimentos, jamais quis agredir a namorada. Marcos ainda falou sobre o formato do programa e a proposta de levar os participantes ao limite, reafirmou ter conseguido manter o controle e que nunca teve a intenção de machucar a namorada. No final do texto, o brother pediu desculpas à Emily, sua família e todos os envolvidos no caso.

Publicidade

Entenda a expulsão

Já há algum tempo, Marcos vinha demonstrando um comportamento agressivo e chamando muita atenção do público que acompanha a atração global. Na madrugada do último domingo (9), o médico encurralou a estudante em uma das paredes da casa e, aos gritos, disse que a participante só estava com ele porque queria que ela ganhasse. Enquanto isso, o brother apontava o dedo para o rosto dela que, coagida, não conseguiu se manifestar. Já no exterior da casa, Marcos apertou o pulso da jovem, que reclamou da dor e afirmou que ele também teria a beliscado.

Diante da conclusão policial, a direção do reality resolveu expulsar o participante imediatamente, uma vez que o ato fere gravemente as regras do programa.

A TV Globo emitiu um comunicado afirmando repudiar a violência de qualquer forma, seja ela dentro ou fora do programa. A emissora disse que o comportamento de Marcos foi inadmissível. Antes de encerrar a transmissão, Tiago Leifert disse à Emily que a produção do programa estava a sua disposição. #expulsão Marcos #BBB Big Brother Brasil