#Marcos Harter será novamente processado, e dessa vez na Justiça comum por vazar um documento confidencial.

Na tarde de 25 de abril, última terça-feira, o fã-clube oficial de Marcos divulgou um laudo que até então não se sabia se tratar do laudo oficial de Emilly no BBB17. O documento que era assinado pelo Dr. Elmo Marques Carneiro Filho, relatava a condição física da jovem gaúcha e teve uma parte grifada, com o mero intuito de demonstrar a possível má fé de Emilly.

Marcos, que já está completamente encrencado por conta de um processo em que, em breve, ele se tornará réu por agredir Emilly Araújo comprovado pelo laudo do IML, o documento do médico e as imagens do programa BBB17, agora terá um novo processo para se defender.

O UOL e o programa de Sônia Abrão abordaram o tema e mostraram a indignação do médico que fez os exames na estudante.

Publicidade
Publicidade

Segundo o Dr. Elmo Marques, a atitude do outro médico, Marcos Harter, é inaceitável e transgride o princípio da confidencialidade de documentos que envolvem pacientes. E Marcos Harter conhece bem os princípios de Ética Médica, afinal ele também possui registro no CRM (Conselho Regional de Medicina).

O documento, que pode ser visto na íntegra a seguir, comprova marcas da agressão de Marcos em Emilly, identificado por conta de um hematoma no braço da jovem. Ela também chegou a se queixar de dores nos punhos, mas como o exame foi feito dentro das dependências da casa mais vigiada do Brasil, sem muitos recursos clínicos, as constatações que poderiam ser feitas no exame, segundo o próprio laudo, seriam aquelas mais superficiais e visíveis. E houve evidência, como citado, o hematoma de 2cm x 3cm no braço de Emilly.

Publicidade

O documento vazado pelo fã-clube do médico sublinha a parte onde Emilly se queixa de dores nos punhos. O objetivo do grifo é indicado na legenda da postagem. O fã-clube, que a princípio, pelo que foi apurado por Sônia Abrão, seria administrado pela secretária de Marcos, queria demonstrar documentalmente que Emilly realmente denunciou Marcos e, por esse motivo, ele foi excluído. Ele inclusive fez uma carta que também foi divulgada aqui na BlastingNews, reclamando da ex-namorada, e acusando-a de ter sido a responsável por sua exclusão.

O advogado do médico que examinou Emilly se pronunciou à imprensa, afirmando que o laudo realmente é verdadeiro, e que jamais poderia ser vazado, pois é um documento médico paciente, regido pela Ética Médica. Ele diz também que o dr. Elmo tem mais de 50 anos de profissão e que sempre agiu dentro das normas éticas, o que não aconteceu com a contraparte, no caso, Marcos Harter. Ele então afirma que o ex-BBB será processado nas próximas horas por conta do vazamento.

Publicidade

A defesa de Marcos Harter disse que não sabe se vai se pronunciar sobre o assunto.

Veja o documento oficial postado na rede Twitter e pela conta do fã-clube do Doc.

#Emilly e Marcos #laudo médico