Emilly Araújo deu o que falar nos tempos em que ainda estava no confinamento do 'Big Brother Brasil'. O tempo passou, mas nem por isso a mídia tirou os olhos dela. A gata pode ser uma espécie de nova Grazi Massafera, ou quem sabe até a solução para um subida ainda maior do cachê de Luan Santana. Pode parecer brincadeira, mas a moça já deu até entrevistas dizendo que pode virar cantora e que seu sonho é ser parceira do cantor sertanejo que ficou famoso pela música 'Meteoro'. Enquanto cantar profissionalmente ao lado de Luan Santana parece um sonho quase impossível, ser a nova Grazi está mais fácil do que muita gente imagina. É o que mostra uma reportagem publicada nesta terça-feira, 26, pelo portal de notícias UOL.

Publicidade
Publicidade

Emilly pode fazer parte da nova temporada de 'Malhação', que estreia já no mês que vem. Com o mote 'Viva a diferença', a novelinha teen pela primeira vez se passa em São Paulo. De acordo com informações da irmã da morena, a jovem Mayla, a produção da Globo já teria, inclusive, entrado em contato e chamado a famosa para uma participação. O sucesso da famosa é tanto que um escritório de Miami, nos Estados Unidos, teria se interessado em gerir a carreira da gêmea. Ela diz que a empresa quer aproveitar o fato que Emilly já tem mais de dois milhões de seguidores nas redes sociais. No entanto, um problema pode tirar de Emilly o sonho de ser atriz.

O principal "probleminha", como aponta o UOL, é que a vencedora do BBB 17 não tem o DRT - documento necessário para exercer a profissão de ator/atriz.

Publicidade

Dessa forma, ela, no máximo, poderia exercer ela mesmo em uma produção dramatúrgica, ou esperar tempo suficiente para que o documento fique pronto. Há ainda uma outra questão que pode deixar a maior emissora de TV do país em dúvida se contrata ou não a sister para a novela. Ela está no meio de um dos maiores escândalos envolvendo #Famosos da atualidade, a agressão de Marcos Harter no 'Big Brother Brasil'.

Marcos já foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro e aguarda uma resposta da Justiça, a fim de saber se o caso vai ser julgado ou arquivado. O indiciamento - feito a partir de uma delegacia de Jacarepaguá - está baseado na Lei Maria da Penha, que fala sobre a violência doméstica. Condenado, Marcos pode ficar até três anos na cadeia. Harter também foi alvo de uma denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro pelo mesmo motivo. A entidade alega que o médico tomou atitudes contra a vencedora do BBB apenas por ciúmes. #Emilly BBB17