De acordo com informações do site 'Umuarama News', em reportagem publicada nesta quinta-feira, 13, uma mulher que afrontou a polícia militar, através das redes sociais, acabou sendo presa. Ela se deu muito mal, após ter usado o Facebook para escrever "Polícia bom é polícia morto" (SIC). O Serviço Reservado da Polícia Militar recebeu muitas denúncias de que em uma região do Paraná estaria acontecendo o tráfico de drogas. O local, identificado como 'Rua José Balan', passou a ser monitorado pelos agentes da lei por cerca de trinta minutos, até que ficasse claro sobre o que estava acontecendo. Os policiais estranharam, por exemplo que, em frente à casa da mulher, existiam muitos carros parados.

Publicidade
Publicidade

A acusada aparecia entregando sempre algo a quem batia em sua porta.

Muitas pessoas foram parando no local e o que se viu foi um verdadeiro comércio ilícito. Após pegarem o que a mulher dava, as pessoas não ficavam muito tempo na residência, o que causou certo espantamento dos agentes da lei. Ao entenderem que ali existia um ponto de tráfico de drogas, os policiais seguiram o protocolo e chamaram a Rocam para fazer uma abordagem. Antes disso, eles pararam uma caminhonete vermelha, que, após sair da casa da mulher, correu em disparada pelas ruas da cidade. Os agentes da lei, assim que entraram na casa da mulher, notaram que ela estava com um comportamento muito estranho. A acusada pedia o tempo todo para ir até ao banheiro. Os policiais, então, decidiram seguir-la no trajeto e encontraram muitas pedras de crack na geladeira dela.

Publicidade

No congelador da cozinha ela, ainda estavam em muitas buchas de maconha.

Ao todo, cinquenta e cinco gramas da droga foram encontradas na residência. No local, também estavam vários aparelhos celulares. Ao olharem mias um pouco pela casa, os homens encontraram o celular que seria da acusada. Foi nesse momento que a mulher que, outrora dizia que 'Policial bom é policial morto', ficou ainda mais fora de seu estado emocional dito como normal. Ela dizia que os PMs não tinham nenhum mandato contra ela e que, por isso, não dava a eles qualquer autorização para olhar o aparelho.

Como os policiais tinha ido ali para averiguar uma denúncia, eles decidiram pegar o aparelho e dar uma olhada dele. Foi nesse momento que eles encontraram a mensagem contra eles. A mulher identificada como Nice Santos já é conhecida no setor policial. Ela está presa acusada por tráfico de drogas. #Crime