O 'Big Brother Brasil' exibiu na noite desta segunda-feira, 10, a expulsão de Marcos do programa. O motivo foram os indícios de agressão contra Emilly e o fato da polícia ter entrado no Projac, a fim de colher depoimentos dos dois envolvidos na polêmica. De acordo com informações da coluna 'Radar', do site da Revista Veja, ao ser chamado ao confessionário e saber que seria retirado da briga por um milhão e meio de reais, Marcos ficou completamente possesso e anunciou em alto e bom som que poderia processar Emilly por estar prejudicando o seu caminho no jogo. A informação diverge e muito da nota divulgada por Marcos na manhã desta terça-feira, 11, e que você leitor terá mais detalhes a seguir.

Nesta manhã, o médico divulgou, através de seu Twitter, que se desculpa com a "namorada" no jogo.

Publicidade
Publicidade

Ele vai além e revela que, em nenhum momento, agrediu ou pensou em agredir a participante do reality show, favorita a vencer o programa. Segundo o médico, ele apenas tem sentimentos bons pela gaúcha, que dividiu com ele o edredom da casa mais vigiada do Brasil. O profissional da saúde ainda foi apoiado por sua família. Assim que foi anunciada a sua expulsão, os familiares de Marcos fecharam o perfil dele para quem não era fã. Em seguida, eles reabriram a conta e disseram que o cirurgião plástico estava ao lado de quem o amava.

Antes do anúncio da expulsão, até mesmo o 'Jornal Nacional' deu uma matéria sobre o caso. O programa com a expulsão do brother deu quase 35 pontos de audiência na grande São Paulo. Cada ponto representa cerca de 70 mil domicílios na maior região do país. A atração não alcançava média tão alta em um dia de BBB desde 2015.

Publicidade

Mesmo com tantas polêmicas, o BBB 17 é o terceiro pior em audiência da história. O produto só não foi pior, pois de duas semanas para cá, com o surto do próprio Marcos, a atenção do público virou toda para dentro do confinamento. Ainda assim, a Globo já anunciou que no ano que vem haverá uma nova temporada da atração.

Assim como Marcos e sua família, quem também fez questão de se pronunciar, através do Twitter, foi o apresentador Tiago Leifert. Tiago, que teve a dura missão de substituir Pedro Bial, pegou uma pedreira e tanta na sua estreia. No microblog de 140 caracteres, ele agradeceu pela compreensão de todos, em relação ao seu comportamento como comandante do 'Big Brother Brasil', em uma noite bastante turbulenta. E você, o que achou da decisão da emissora? Deixe o seu comentário. #BBB Big Brother Brasil