Afastado da TV há 5 anos, Nuno Leal Maia, de 69 anos, explicou ao Programa do Gugu exibido nesta quarta-feira (26), o verdadeiro motivo que o levou a se afastar das telinhas. Seu último trabalho foi à novela "Amor, eterno amor", exibida na TV Globo em 2012. De acordo com ele, desde seu último trabalho, a emissora na qual Maia trabalhou por 25 anos não o chamou para nenhum outro trabalho. Ao programa, ele disse não saber o motivo de não ter sido convidado novamente e que a decisão não foi dele.

O ator atribui a idade o motivo pela qual a Rede Globo não o convidou mais para atuar em suas telenovelas. Segundo ele isso é normal, tendo em vista que poucos atores continuam trabalhando nas emissoras depois que envelhecem.

Publicidade
Publicidade

Para ele, após os 60 anos é mais difícil conseguir um trabalho nas novelas, pois os autores são obrigados a escrever histórias para jovens, o que faz com que o elenco dos folhetins sejam compostos por artistas que estejam abaixo desta faixa-etária.

Ele disse também que não está gostando das tramas exibidas pela emissora e que a última novela que ele gostou foi o folhetim das 18h "Êta mundo bom", de Walcyr Carrasco, exibida o ano passado. O veterano afirmou que as novelas atuais não possuem uma história tão boa quanto as de antigamente. Para ele os atores perderam a liberdade de atuar e dar vida aos personagens como ele fazia, desse modo, os artistas que estão trabalhando nas novelas de hoje em dia apenas repetem o que o diretor da atração manda e não tem nenhuma liberdade na hora de interpretar o papel.

Publicidade

Questionado pelo apresentador sobre as matérias que relacionava seu afastamento das telinhas com a necessidade de cuidar da saúde de sua mãe, Maia disse que durante todo esse tempo longe da TV esteve de fato cuidando de sua mãe, mas isso não o impedia de atuar e que ele jamais negaria um pedido da emissora conforme era tratado nas publicações.

Longe de produções recentes, Nuno Leal Maia acompanha a reprise da novela "A gata comeu" que está sendo exibida pelo canal da TV fechada, Viva, e disse sentir muita saudade dos atores que trabalharam na trama junto com ele. Além deste trabalho, que está entre as novelas mais reprisadas da TV Globo, o ator veterano abrilhantou o elenco de quase trinta novelas da emissora, entre elas "Vereda tropical", "Top Model", "Vamp", "Suave Veneno", "O Clone", "Ti ti ti" e "Malhação", na qual encarnou por várias temporadas o divertidíssimo professor Pasqualete.

No cinema, Nuno esteve em mais de 38 filmes, o mais recente trabalho do ator nas telonas foi no filme Tainá – A Origem, de 2013. #celebridades #nostalgia #Famosos