Nesta segunda-feira, 3, o jornalista 'Daniel Castro', do site 'Notícias da TV', repercutiu uma informação envolvendo a Record TV que está dando o que falar. Um áudio divulgado nas redes sociais mostra um pastor da Igreja Universal do Reino de Deus acusando o diabo, o próprio coisa ruim, de agir para tirar o SBT, a RedeTV! e a #Record TV do ar dos canais pagos na cidade de São Paulo. Desde quinta-feira passada, com exceção da Vivo, todas as demais TVs por assinatura continuam sem transmitir os canais citados.. O capeta foi citado durante um ritual de exorcismo da igreja. O pastor, que não teve o nove revelado, diz que o "capiroto" quer que o povo brasileiro fique sem o ensinamento de Deus, que seria passado com as novelas bíblicas da Record, como o sucesso 'Os Dez Mandamentos'.

Durante o culto, os pastores incentivam os fiéis a canceram seus pacotes de TVs por assinatura.

Publicidade
Publicidade

Eles solicitam que eles migrem para a Vivo ou apenas fiquem com a antena do sinal aberto, que agora transmite apenas o digital. Desde o corte com as operadoras, a audiência dos canais retirados do ar caiu, no mínimo, 20%. No entanto, os números só serão revelados com exatidão logo mais, pelo Ibope. Até onde se sabe, a disputa para voltar ou não os canais ao ar é só por dinheiro. O bispo principal da Universal e dono da Record, Edir Macedo, uniu-se a Silvio Santos e Marcelo de Carvalho na tarefa de pressionar as operadoras paulistas. Eles criaram a chamada Simba, cujo único objetivo é negociar a venda do sinal digital na TV a cabo.

A empresa solicitou que as operadoras cobrassem R$ 15 pelos três canais juntos. O valor é o mesmo de todo o pacote de filmes Telecine, por exemplo. No geral, quem tem TV a cabo vê muita TV aberta.

Publicidade

No entanto, esse comportamento tem mudado. Os amantes de filmes e séries enlatadas, por exemplo, aos poucos, estão migrando para a Netflix, que é infinitamente mais barata que qualquer operadora a cabo no Brasil. Como disse um representante da Simba, as operadoras são dinossauros em extinção, mas mesmo assim, estão sendo pressionadas para ficarem com os canais abertos e pagarem pelo conteúdo que é exibido.