O cirurgião plástico expulso da casa do BBB17, Marcos Harter de 37 anos cedeu uma entrevista para a jornalista Laís Gomes e 'rasgou o verbo' ao falar sobre uma série de assuntos polêmicos.

Questionado sobre o relacionamento que manteve com a gaúcha campeã do reality show, Emilly Araújo de 20 anos e indagado sobre uma possível reaproximação, o médico declarou: “Infelizmente ainda não conversamos, mas espero que isto aconteça em breve. Quanto ao relacionamento, este depende justamente desta conversa''.

Marcos, que desembarcou no aeroporto de Mato Grosso e foi diretamente para sua casa na cidade de Sinop, afirma estar vivendo um período de reflexão.

Publicidade
Publicidade

Ele que considera a 'volta ao mundo real' como um período para preservar a si próprio, bem como sua família e todos envolvidos no jogo, demonstrou a todo momento estar tranquilo e em paz.

Perguntado sobre o convívio dentro da casa do BBB, Marcos respondeu reforçando algo que de acordo com ele, sempre soube: ''As palavras têm muito poder e inclusive podem mudar drasticamente o rumo de qualquer história. A palavra é prata, o silêncio é ouro”.

Indagado sobre sua discreta aparição no programa de encerramento da atração e pelo fato de não cumprimentar Emilly que saiu da casa como a grande campeã da edição, ele que foi um dos protagonistas do BBB17 falou: ''“Esperei o abraço dela que infelizmente não veio.

Ele, que ao ser expulso do reality, estava sendo 'mal visto' por uma série de anônimos e celebridades, comentou sobre o boato de que não estaria presente na grande final: ''Porque não iria? Minha entrada no programa iniciou um ciclo e minha presença na final o encerrou''.

Considerado o 'médico do nariz perfeito' pelos seus pacientes, o cirurgião plástico foi indagado sobre o reflexo que sua participação no programa pode ter em sua carreira na medicina, ele que após ouvir a pergunta foi direto em sua resposta rebateu: ''Quem entrou na casa foi o Marcos e não o doutor Marcos. Meu trabalho apenas pode ser avaliado pelas minhas condutas profissionais”.

Finalizando a entrevista, o ex-BBB afirmou que seus deverem com a Justiça se encontram em dia e que após prestar depoimento e esclarecer os fatos, ele segue à disposição para maiores esclarecimentos.

Publicidade

A investigação

Marcos passou a ser investigado após ser acusado de agredir física e psicologicamente a participante Emilly com que mantinha um relacionamento amoroso dentro da casa.

Ele, que após ser expulso da casa, foi intimado a prestar depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá no Rio de Janeiro, foi ouvido nesta última quarta-feira dia 12, pela delegada-titular Viviane Costa Ferreira.

Emilly que deixou a programa nesta última quinta-feira, teve seu depoimento colhido hoje.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. #Emilly e Marcos BBB #Emilly vencedora BBB17