Após um tempo calada e dando margem de que nada falaria, a figurinista Su Tonani decidiu sim contar tudo à Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ela tem um encontro marcado com a equipe de uma delegacia na Taquara, Zona Oeste da cidade, onde falará tudo o que sabe sobre o caso envolvendo o ator da Rede Globo de Televisão, José Mayer. O profissional da dramaturgia, que está há quarenta anos na emissora, foi acusado por ela de assédio sexual. Mais tarde, em uma carta aberta ao público, José confessou que não tinha atitudes vistas como profissionais e colocou a culpa em uma suposta educação machista que recebeu. O galã da terceira idade ainda disse que o mundo mudou e que com ele também estava disposto a mudar.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do jornalista Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do vespertino 'Fofocalizando', exibido pelo SBT, a presença de Su é esperada na Polícia já para essa segunda-feira, 24. O colunista foi o primeiro a dar indícios sobre o caso de assédio sexual. Na época em que divulgou uma nota a respeito do assunto, Léo não chegou a mencionar o ator, mas não disse exatamente o que ocorreu. Mais tarde, a ação ganhou força por conta de um enorme texto escrito pela própria Su Tonani. Esse foi publicado pelo blog 'Agora é que São Elas', do jornal 'Folha de S. Paulo'.

O caso de assédio sexual contra a figurinista ocorreu no mês de fevereiro, durante as gravações de 'A Lei do Amor'. O ator falava frases machistas e recheadas de conteúdo sexual. Para piorar a situação, ele ainda teria passado a mão em seu órgão genital.

Publicidade

A figurinista procurou a empresa que a contratou e que também pagava o alto salário de José Mayer, mas as respostas nunca foram conclusivas. No máximo, o que ouviu do setor de Recursos Humanos do maior canal do país é que o caso seria sim investigado.

A figurinista tem até agosto deste ano para dar o seu depoimento na delegacia. Depois desse prazo, se Su não comparecer ao distrito policial, o inquérito será arquivado. O que ela tem a dizer, é claro, deixa a Globo apreensiva. Existe a expectativa para que a profissional processe o ator, mas também a emissora, já que enquanto ela esteve no famoso Projac, que agora tem o nome de estúdio Globo, nada foi feito.

Em nota lida em todos os telejornais da casa, a Globo pediu desculpas à figurinista. Um gesto raríssimo em toda a sua trajetória. O texto lido, dentre muitos, até pelo apresentador William Bonner, dizia que o canal não compactuava com preconceito e violência. Além disso, a Globo afirma que faz de tudo para manter um ambiente de trabalho saudável. #Famosos