O clima esquentou na edição especial do “Big Brother Brasil 17” que foi ao ar nesta segunda-feira (3). #Tiago Leifert conversou com os brothers, ao vivo, e os confinados responderam a perguntas de ex-participantes. A pergunta de Rômulo para Vivian foi o estopim para uma grande discussão.

O questionamento de Rômulo era sobre a postura de #Marcos. Por ter sido citado na resposta, o brother teve direito a responder. Em sua resposta, envolveu Ilmar e foi repreendido por Tiago Leifert.

“O que esperar de um cara que no Dia das Mulheres faz 1500 homenagens, manda beijo para todo mundo, quer homenagear as mulheres do Brasil e um mês depois mete o dedo na cara da menina aqui (apontando para Emilly) e diz que ela é um verme e quando tem oportunidade de pedir desculpas, pede desculpas aos vermes, o que que é isso?”, desabafou Marcos.

Publicidade
Publicidade

“Outra coisa: vem dar lição de moral em cima da Emilly dizendo que não aguenta mais. Que tipo de professor é esse? Vem chorar por causa da foto do filho, porque não vê a foto do filho faz um mês. E a polícia bateu aqui no 'Big Brother' porque faltam três meses de pensão alimentícia”, disparou o cirurgião plástico.

Neste momento, Tiago Leifert interrompeu. “Marcos, agora eu vou ter que te interromper e é grave. Duas coisas. Primeiro: coisas internas devem permanecer internas, você jamais deveria ter dito isso. Segunda coisa: não é verdade o que você falou”, afirmou o apresentador do BBB.

“Foi o que chegou pra mim”, disse Marcos. “Mas não é verdade”, respondeu Leifert. “Foi o que ele falou para a gente”, afirmou Emilly. “Mas não é verdade. Você entende o que implica isso, Marcos, quando você fala uma coisa dessa ao vivo na televisão?”, continuou Leifert.

Publicidade

Marcos ainda tentou argumentar dizendo que Ilmar havia dito para ele. “Mas não é verdade. Ele falou para você que conversou com a polícia no confessionário?”, questionou o apresentador. “Ele falou que está devendo três meses de pensão”, respondeu Marcos.

“Isso eu não vou discutir com você, eu não tenho essa informação e isso é um problema do Mamão. O que eu posso dizer é sobre o programa. Represento aqui a direção e produção do programa. Nunca a polícia veio aqui conversar com o Mamão. Quando você fala uma coisa dessas, ao vivo, é de muita irresponsabilidade sua falar da polícia, porque você expõe o Mamão”, finalizou Leifert, deixando Marcos e Emilly sem argumentos. #BBB Big Brother Brasil