Mais uma adaptação literária faz sucesso na plataforma #Netflix. Desta vez é a série 13 Reasons Why (Os 13 Porquês, em português). Veja as 13 razões para assistir ao seriado;

1) Boa fotografia

A série tem uma boa direção de fotografia. Não é a melhor do mundo, mas faz um bom uso dos closes. A solução para mesclar cenas de flashbacks com as cenas presentes é boa. Em nenhum momento o telespectador se perde durante a narrativa.

2) A temática

A série é um sucesso por tratar de temas bem espinhosos como bullying, ciberbullying, depressão, machismo, assédio e suicídio. Sim, tudo junto e misturado, como acontece na vida real. Sem enfeites.

Publicidade
Publicidade

3) Embalsamento técnico

A adaptação trouxe para o set uma equipe de profissionais da área. O impacto dos personagens, as cenas de violência, estupro e do próprio suicídio foram bastante estudadas para mostrar a realidade e, ao mesmo tempo, não se tornar apenas mais uma cena para impactar.

4) Aprofundamento das personagens

Em cada episódio há a revelação de um dos “porquês” de uma das personagens. Mas na série, além de acontecer essa revelação, descobrimos também como é a vida dessas pessoas.

5) Adaptação

A série é uma adaptação do livro de Jay Asher e está sendo vista como uma das melhores adaptações de histórias literárias. A série é aclamada por mostrar mais das personagens, coisa que o livro não conseguiu fazer de forma tão detalhada.

6) Selena Gomez

Os direitos da série são todas da atriz e cantora #Selena Gomez, que gostou bastante da temática e resolveu, além de produzir, se engajar nessa causa.

Publicidade

Além disso, Selena é produtora executiva da série. Pelo sucesso que está fazendo, a garota fez seu trabalho bem.

7) Roteiro

Com um roteiro cheio de suspenses, a série o deixa com vontade de saber cada vez mais. Pode até facilitar aquela famigerada vontade de “maratonar”. Cada episódio tem, em média, 60 minutos cada, que para muitos pode ser considerado bastante tempo. Mas não é um tempo desperdiçado, cada minuto é muito bem utilizado.

8) Atores conhecidos

O elenco é formado, em sua maioria, por atores novos. Porém, há rostos conhecidos, como o da atriz Kate Walsh, que interpreta a mãe de Hannah, que participou de Grey’s Anatomy e da série Private Practice.

Veja um trecho do seriado:

9) Apelo midiático

Antes mesmo de estrear, a série já prometia ser um grande sucesso. Tendo o nome de Selena Gomez e sem falar do sucesso do livro, que já havia conquistado uma legião de fãs anos atrás, a série já estava sendo muito esperada pelo público jovem.

10) Trilha sonora

A série contém, adivinha...

Publicidade

13 faixas em sua trilha sonora, sendo duas delas cantadas por Selena Gomez. O repertório também conta com clássicos das bandas Joy Division e The Cure.

11) Direção

A série teve vários diretores. Os dois primeiros dois episódios foram dirigidos por Tom McCarthy, responsável pelo filme Spotlight: Segredos Revelados, vencedor do Oscar de 2016.

O time se completa com o diretor Gregg Araki, do filme Mistérios da Carne; Carl Franklin, da série The Leftovers e, para finalizar, Jessica Yu, do sucesso American Crime.

12) O grand finale

Não, não vai ter spoiler. Está mais para uma curiosidade. Já que este ano o livro completa dez anos, o autor publicou uma edição especial com um final totalmente diferente do livro lançado em 2007. Ou seja, a Netflix tem em mãos dois finais... Qual o final ela vai escolher?

Então, quem leu o livro e acha que já sabe como vai terminar, não é bem assim, pode ter reviravolta.

13) “Maratonar ou Não Maratonar”?

A série não faz o estilo de maratona. A temática é difícil, algumas cenas são pesadas e requer um tempo para digerir tudo aquilo. Como Clay, é provável que você queira dar pause para aproveitar melhor a reflexão que está por trás da série. #13ReasonsWhy