O cantor Victor, 41, que forma a dupla Victor & Leo com seu irmão, acordou, nesta terça-feira, 4, com uma péssima notícia. Ele, que há cerca de um mês foi denunciado pela esposa, Poliana Bagatini, 29, de #agressão, acaba de ser #indiciado pelo fato. Pela lei Maria da Penha, toda denúncia deve ser investigada, mesmo que o denunciante retire a acusação. Aliás, esse foi o caso.

O exame de corpo de delito da esposa deu negativo para agressão. Entretanto, a delegada da mulher responsável pelo caso, Danúbia Quadros, afirmou que o caso continuaria sendo investigado e que faltava apenas a perícia das câmeras de segurança do condomínio para para encerrar a investigação.

Publicidade
Publicidade

Com a perícia, segundo a delegada, ficou comprovado que o cantor chegou às vias de fato com a esposa, ou seja, agressão física de qualquer natureza, mesmo que não deixe marcas. Vitor Chaves foi indiciado pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, mas não corre risco de ficar de preso. Apesar da lei falar em prisão, normalmente é convertida em multa.

O G1 entrou em contato com o assessor do cantor, mas não conseguiu respostas.

Victor, entretanto, havia negado na TV todas as agressões, inclusive se afastando do 'The Voice Kids', programa onde era jurado, para tratar do assunto com maior tranquilidade. Não chegou a retornar ao programa, ficando a cargo de seu irmão Leo, finalizar os trabalhos. Em um show, o cantor falando para uma plateia de milhares de pessoas também se defendeu das acusações.

Relembre o caso

Há cerca de um mês, Poliana compareceu a uma delegacia da cidade de Belo Horizonte para acusar o marido de agressão.

Publicidade

Segundo ela, Victor chegou a derrubá-la e dar alguns pontapés quando já estava no chão. O público se comoveu, porque, além de mulher, a vítima estava grávida.

No dia seguinte à acusação, a vítima fez o exame de corpo de delito, mas emitiu uma carta voltando atrás na acusação e isentando o marido das agressões. A carta era apenas assinada por Poliana (conforme vê-se abaixo) e data de 2016. Os fãs ficaram intrigados com o documento.

Ao sair o resultado do exame de corpo de delito, o resultado deu negativo para agressões. Na época, a delegada afirmou que o fato não seria suficiente para encerrar o caso, pois faltavam as perícias das câmeras de segurança.

Nesta terça, 4, a delegada afirma que a Polícia Civil de Minas Gerais, na presença de provas, indiciou o cantor Victor por vias de fato.

#Victor e Leo