Munhoz e Mariano formam uma das duplas sertanejas de maior sucesso do país. Eles ficaram conhecidos em todo o Brasil graças à música 'Camaro Amarelo'. O sucesso fez com que eles fossem chamados para uma apresentação do outro lado do planeta. Os famosos cantores tinham um show no Japão, mas esse foi cancelado devido à ameaças de morte, em uma confusão que envolveu revólver na cara e até tapas. Silvana Liberato, organizadora do evento no Japão, informou aos presentes que o show não iria mais aconteceu naquela noite. A apresentação estava agendada para a arena Fukui Shi. É normal no Japão que, além do dinheiro dos ingressos devolvidos, os organizadores prestem satisfação aos expectadores sobre o motivo do cancelamento de um evento, especialmente com o que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

Silvana confirmou que o show foi cancelado por muitos motivos. Poucos ingressos teriam sido vendidos e a dupla se atrasou. Ela reclama que eles chegaram no hotel japonês apenas na data da apresentação e que isso gerou uma grande discussão e até ameaças. O contrato dizia que a dupla receberia metade do valor para a apresentação e o resto seria na porcentagem de ingressos vendidos. O problema é que o ingresso estava um pouco "salgado" e poucos fãs japoneses quiseram pagar os valores. As entradas da apresentação custavam entre R$ 140 e R$ 224.

O locutor, contratado para apresentar o evento, ficou surpreso com a dupla e também os acusou de falta de profissionalismo. Por conta do cancelamento, houve estresse, já que o contrato foi rompido. Os cantores tinham três shows no país, mas esses não devem mais acontecer.

Publicidade

Veja o vídeo com a resposta da dupla e da organizadora do evento. A dupla sertaneja explica o que aconteceu no Japão. Eles disseram que foram agredidos do outro lado do mundo:

Veja abaixo o vídeo com a organização falando que o show seria cancelado por ameaça de morte:

Na sua opinião, o que aconteceu mesmo para que o show fosse cancelado? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre relevante para todos nós. #Crime