O apresentador William Bonner é um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro. O editor-chefe do principal noticioso do país é o responsável, por exemplo, por escolher as pautas que serão tratadas no produto informativo. Nesta quinta-feira, 27, no entanto, o seu trabalho foi questionado. Durante todo o tempo em que ficou no ar, o 'Jornal Nacional', simplesmente, ignorou a chamada 'Greve Geral', convocada por centrais sindicais. Talvez por achar que o movimento não teria adesão, ou então para evitar tumulto, o principal canal do país fingiu que nada estava acontecendo. Horas depois, no entanto, o movimento se intensificou e a Globo mudou de ideia.

Publicidade
Publicidade

Durante o 'Bom Dia Brasil', apresentado por Chico Pinheiro e Ana Paula Araújo, a principal emissora do país tratou o assunto como a principal notícia. Com repórteres espalhados em rodoviárias, aeroportos, estações de trem e outros pontos importantes para os cidadãos, ela foi informando minuto a minuto o que acontecia em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, além de outros lugares, como Brasília, na manhã desta sexta-feira, 28. Além dos meios de transporte, acessos em vias estaduais e federais também foram fechados. A chamada 'Greve Geral' é uma manifestação contra a Reforma Trabalhista proposta pelo presidente Michel Temer, do PMDB. Entre as propostas do peemedebista está a mudança no tempo para conseguiu a aposentadoria.

Em sua coluna no portal de notícias UOL, o colunista Maurício Stycer tratou do assunto e lembrou que o 'Jornal Nacional' não foi o único jornalístico da emissora que ignorou a informação sobre uma manifestação a nível nacional.

Publicidade

Outro telejornal importante, o 'SP TV 2ª Edição', acostumado a fazer a prestação de serviços, simplesmente, não deu uma informação sequer sobre a previsão do funcionamento de trens, ônibus e metrôs. Maurício diz que não conseguiu fazer uma apuração sobre o que teria motivado a Globo a tomar uma decisão como essa, mas lembra que talvez o silêncio dela, em um momento como esse e com tantas fontes de informação existentes, fale mais alto do que qualquer notícia.

Não havia uma 'Greve Geral' desde 1999, pouco antes do primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT). E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para toda a sociedade. #William Bonner