Pedro fala para Ezequiel que Joaquim escreveu uma carta muito importante, que os dois precisam encontrar o quanto antes. Pedro vai até onde Joaquim está sendo velado e Nádia diz que ele não tem nada para fazer ali, já que ele é o único culpado pela morte. Montserrat vai até a prisão ao encontro de Alessandro, e diz a ele que todos os dias ela e sua mãe, Rosário, estão lá na delegacia, mas que nunca permitem que elas o veja. Pedro é obrigado a mandar Ezequiel destruir a carta escrita por Joaquim, já que os planos mudaram. Montserrat fala para Alessandro que Ezequiel disse que é bem provável que Joaquim tenha deixado algo o culpando por ter se matado.

Publicidade
Publicidade

Ele diz que aconteceu totalmente o oposto, e que Joaquim o deixou um bilhete dizendo toda a verdade e quem estava por trás de tudo, no caso o seu verdadeiro sócio. Mas por enquanto não pode revelar nada, pois se trata de pessoas muito perigosas, e se algo vazar tanto ele, quanto as pessoas que amam podem estar em apuros. Ele pede a Montserrat que em seu nome mande os seus mais sinceros sentimentos a Angélica, sua irmã e a sua mãe. Pedro junto de Nádia chegam até o velório de Joaquim, Angélica muito arrasada pede para Pedro que se retire, pois seu pai se matou por sua culpa.

Pedro a responde que Joaquim era muito seu amigo, e se tem alguém que é de verdade culpado, esse alguém é o Alessandro. Fabíola muito sínica mente para José Luís dizendo que fingiu ser amiga de Montserrat, e que ela a garantiu que ainda não o esqueceu.

Publicidade

Ela disse que ama muito Alessandro de fato, mas que também o ama.

No velório Angélica agradece a Montserrat pela sua presença, e diz que sente muito por todas as mentiras que seu pai inventou para mandar Alessandro pra cadeia, e a pede desculpas em seu nome. Adolfo sente culpa pela morte de Joaquim, e conversa com Maria e pede para que ela vá até a Marinha. Pedro exige a Maria que visite Alessandro na cadeia e tente descobrir se ele tem algum bilhete deixado por Joaquim antes de se matar.

Maria muito sínica faz com que Alessandro acredite que o padre lhe disse sobre o bilhete deixado por Joaquim. Alessandro diz que por nada nesse mundo ninguém deve saber da existência desse bilhete, pois sua liberdade está nesse bilhete. Macário fala a Montserrat que o Padre Anselmo estava muito nervoso, pois estava indo até o José Luís entrega-lo algo a mando de Alessandro. Montserrat se desespera e fala que essa é a única coisa que pode devolver a liberdade de Alessandro, e que se chegar até as mãos de José Luís Alessandro jamais será livre. #Televisão #SBT #Novela Mexicana