O ator Alexandre Frota é muito conhecido por causar muitas polêmicas no mundo artístico. Longe dos palcos e da TV há um bom tempo, ele sempre arruma uma maneira de chocar o público e, assim, aparecer na mídia. Na sexta-feira (5), o ator chamou bastante a atenção por um caso que foi divulgado nos principais meios de comunicação do país. Ele ganhou na Justiça o direito de ser indenizado pela ex-ministra Eleonora Menicucci, que o acusou de ser estuprador.

O caso aconteceu em maio do ano passado. Alexandre Frota foi convidado para ir até o programa do Rafinha Bastos, que, na época estava na Band, para falar um pouco sobre planos e trabalhos para o futuro.

Publicidade
Publicidade

Em um momento de descontração entre eles, Alexandre contou uma situação que viveu há um tempo com uma mãe de santo.

Ele disse que ainda trabalhava na Rede Globo quando decidiu procurar a religiosa para descarregar as energias negativas. Ao entrar na sala, ele achou a mulher muito interessante e manteve relações sexuais com ela naquele local. Ao contar o acontecido, ele chegou a encenar com uma convidada da plateia como tudo aconteceu.

Muitos telespectadores entenderam que Frota, além de ter cometido um estupro contra a mãe de santo, também fez apologia ao crime enquanto contava. Entre as telespectadoras que não gostaram do assunto estava a ex-ministra Eleonora Menicucci, que trabalhou no governo da ex-presidente Dilma Rousseff na Secretaria de Políticas para Mulheres. No entanto, ela deixou para manifestar sua insatisfação dias após o fato, quando o ex-ministro da Educação Mendonça Filho convidou o ator para uma reunião em seu gabinete.

Publicidade

Na época, ela chegou a criticar o ministro e o ator.

Alexandre Frota se sentiu bastante ofendido com as acusações da ex-ministra e decidiu processá-la por danos morais. No processo, Frota disse que sofreu com as declarações de Eleonora. Ele relata que os fãs começaram a acreditar que ele era mesmo um estuprador. Um ano após o acontecido, a juíza responsável pelo caso deu causa favorável ao ator e exigiu que a ex-ministra pague a indenização de R$10 mil a ele.

Eleonora não concordou com a decisão da juíza e fez um post nas redes sociais dizendo que a decisão não foi somente contra ela, mas também contra todas as mulheres do Brasil. “Tal sentença assinada por uma mulher, me condenando a pagar 10 mil reais com correção, revolta a todas as mulheres, pois o #Estupro é crime hediondo e inafiançável... Não será esta sentença que me calará, nem tampouco as mulheres brasileiras.”, escreveu.

Veja o vídeo com a declaração de Alexandre Frota a Rafinha Bastos:

#AlexandreFrota #EleonoraMenicucci