Faz bastante tempo que o Brasil enfrenta uma grave crise política. Empresários e políticos do mais alto escalão do governo estão sendo julgados e condenados por crimes ligados à corrupção e lavagem de dinheiro. Quanto mais se investiga, mais se tem descoberto sobre squemas criminosos.

A notícia mais recente que se tem sobre o assunto é um possível envolvimento do presidente Michel Temer em um caso de pagamento de propina. Após fazer um acordo de delação premiada com a justiça, o empresário Joesley Batista, dono da JBS Frigoríficos, gravou um áudio em que o presidente aparece sendo informado sobre a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

Publicidade
Publicidade

A notícia caiu como uma bomba em vários setores da sociedade. Muitas pessoas foram atingidas, direta e indiretamente, pela divulgação do áudio. Pessoas famosas que trabalharam em campanhas pró-Temer e também para a JBS estão sofrendo ataques maliciosos na internet.

O ator Toni Ramos foi um dos famosos que tomou uma decisão após ser noticiado o envolvimento da empresa no esquema de corrupção. Garoto propaganda da marca #Friboi, uma das empresas da JBS, ele deu uma entrevista para a revista VEJA onde disse estar "surpreso”, “triste” e “melancólico” quando soube do envolvimento da empresa em esquemas criminosos. Com isso, ele diz que não há mais clima para continuar a fazer comerciais para a empresa.

Não é a primeira vez que a JBS se envolveu em escândalos criminosos. Ainda neste ano, a investigação "#Carne Fraca" da Polícia Federal descobriu que a empresa estava vendendo carnes "ruins" para o consumidor.

Publicidade

As investigações apontaram que eram usados produtos químicos para maquiar a validade do produto. Houve ainda comentários de que junto com a carne estavam sendo colocados alguns materiais que são usados para a fabricação de papelão, no entanto, isso não foi confirmado pela polícia.

Nessa época, Toni Ramos sofreu com as críticas de parte do público que consumia os produtos. O slogan que era usado nas propagandas "É Friboi?" foi usado por internautas para atacar o ator. Mesmo vendo a repercussão do caso, o ator não disse que quebraria o contrato com a empresa. Ele falou que ia esperar as investigações serem concluídas para se decidir.

Somente agora, com o novo escândalo envolvendo a empresa, que o ator disse publicamente que não mais trabalhará para a mesma.

Muitos internautas disseram que a decisão do ator foi um pouco tardia, uma vez que ele já sabia da fama da empresa.