Neide Ribeiro, atriz e ex-assistente do #SBT, revelou que foi vítima de um assédio sexual de Sílvio Santos no seu quarto de hotel. Tal como informa o site “GCN”, em uma extensa entrevista ao portal “UOL”, a ex-atriz, que trabalhou com o líder do SBT por muitos anos, garantiu que Sílvio cantava todas as suas assistentes, sem excessão, considerando a sua atitude “miserável”. Porém, foi só quando Sílvio Santos bateu na sua porta de quarto de hotel é que Neide Ribeiro, agora com 68 anos, sentiu que estava sendo assediada sexualmente pelo seu patrão. “Ele passou a noite ligando para o meu quarto no hotel. Até que, uma hora, bateu à minha porta”, garantiu de forma detalhada a cantada surpreendente de Sílvio Santos.

Publicidade
Publicidade

Ao longo dos anos, Sílvio Santos tem demonstrado não ter qualquer tipo de problema de fazer observações e perguntas polêmicas às mulheres que recebe nos seus programas do SBT. Muitas vezes considerado indelicado, o apresentador de 86 anos por vezes nem disfarça, parando para apreciar as qualidades físicas de algumas das suas convidadas, como foi o caso recente da cantora Simone, que viu seu bumbum comparado a um “travesseiro” por parte do comunicador.

Contudo, e depois do enorme escândalo que manchou a carreira de José Mayer, uma ex-assistente do líder do SBT decidiu se encher de coragem e acusar o seu antigo patrão e colega de trabalho de assédio sexual. “Eu abri, disse que não gostava dele, não ia transar com ele. Falei gritando, malcriada. Ele olhou para a minha cara sem acreditar e foi embora”, confessou a ainda atriz durante sua polêmica entrevista ao porta “UOL”.

Publicidade

Mas isso significa que Sílvio Santos pode ter problemas com a justiça depois desse relato inesperado de Neide Ribeiro?

A verdade é que, apesar do enorme impacto que essas palavras da artista estão causando nas redes sociais, nem Sílvio Santos, nem a sua assessoria de comunicação, decidiram comentar o caso. Precisamente nas redes sociais, as opiniões acerca desse novo caso estão muito divididas. Por um lado está o público que considera que Neide Ribeiro apenas pretende ganhar protagonismo com essa acusação grave, enquanto outros afirmam que não ficariam nada impressionados se de fato Sílvio Santos tivesse esse tipo de comportamento abusivos e poucos respeitadores para as mulheres bonitas que trabalham constantemente ao seu lado. “Ele cantava todas, não escapava uma“, concluiu a ex-assistente, em uma entrevista que promete lançar um debate intenso nos próximos dias. #Silvio Santos