#Carrossel pode ser considerada a novela infantil de maior sucesso no Brasil e na América Latina. Regravada com uma versão totalmente tupiniquim e exibida pelo SBT, a atração revelou para mundo da dramaturgia atores mirins, que dão um show. Como exemplo, pôde-se citar Larissa Manoela, a responsável por dar vida à Maria Joaquina brasileira, menina esnobe e arrogante que protagonizava a novelinha. Na vida real porém, Larissa se mostra muito diferente da personagem. Outra gatinha que tem despontado para o público brasileiro teen e feito muito sucesso entre as rodas de estudantes do ensino fundamental é #Fernanda Concon, a morena linda da foto da matéria.

Publicidade
Publicidade

Ela fez Alícia, na versão brasileira da mesma novela adaptada pelo SBT.

Durante uma transmissão no Instagram Stories, Fernanda Concon revelou uma dor familiar, até então sem precedentes. E quem viu o vídeo pode constatar que a menina, de quase 15 anos, tratou um assunto de muita dor com uma maturidade muito acima da média para sua idade. Ela revelou aos fãs, pela primeira vez até então, que seu irmãozinho, Marcelo, de apenas cinco anos de idade, faleceu na última terça-feira, 23, por conta de uma complicação renal, problema que já assolava o pequeno há bastante tempo.

Ela disse, na transmissão pela rede social, que não gostaria de ficar postando esse tipo de notícia ou mensagem aos fãs, mas ela não aguentou. Começou dizendo que não estava triste. Não estava chorando e nem mesmo chateada, porque o que aconteceu foi o melhor para ele, já que ele ficava sofrendo na Terra.

Publicidade

Internado, ele tinha que ser 'furado', todos os dias no hospital. Então ela revela que, no último ano, a família descobriu que ele tinha uma doença crônica nos rins. No hospital, ele contraiu uma inflamação no pâncreas, (pancreatite) que o levou à morte.

A atriz adolescente manteve-se ainda muito calma no vídeo para finalizar seu recado: 'Para mim ele nunca irá morrer e para quem não sabe eu sou kardecista, espírita. Na minha religião é ensinado que não há morte, apenas uma passagem. Ele só não é mais uma pessoa no plano físico, não dá mais para apertar ou abraçar', disse Fernanda Concon.

Finaliza então dizendo que ele tinha oito aparelhos ligados em seu corpo e que ele sofria muito no leito de um hospital. Já do outro lado da vida, ele está bem, muito melhor, segundo seu relato.

Durante a transmissão, ela ia recebendo muitas mensagens de apoio dos fãs e ao final mandou também um agradecimento a essas pessoas que a apoiavam. Sobre sua rotina e trabalhos, ela afirmou que tudo permanecerá igual, em breve voltará à escola e também fará, em agosto, sua festa em comemoração aos seus 15 anos de idade. #irmão morto