Betty Faria é uma das atrizes mais conhecidas do Brasil. A celebridade tem setenta e cinco anos de idade e ficou ainda mais famosa, quando interpretou a antológica 'Tieta'. Atualmente, uma mulher bem vivida e com setenta e cinco anos de idade, a profissional da dramaturgia surpreendeu ao passar por cima da Globo e até de colegas de emissora diante de um caso extremamente polêmico. Enquanto uns garantem que não concordam com as atitudes do ator José Mayer, ela o defende e diz que há algo bem estranho que ainda pode ser revelado. A informação foi repercutida pela Revista Veja nesta segunda-feira, 1, mas a famosa conversou mesmo sobre o assunto foi com o jornal carioca 'O Globo', quando deu uma entrevista esclarecedora sobre os seus pensamentos sobre Zé, como o galã da terceira idade é conhecido.

Publicidade
Publicidade

Com quarenta anos de carreira e 67 anos de idade, José Mayer foi suspenso de suas funções, após ser acusado de assédio sexual pela figurinista Su Tonani, durante as gravações da novela das nove 'A Lei do Amor'. No folhetim, Mayer interpretou o personagem machista Tião e chegou a negar tudo o que ocorreu, dizendo que o público e a imprensa estaria confundindo o homem público com o seu vilão novelesco. Após o caso tomar dimensões inacreditáveis, o famoso voltou atrás, confirmou o que fez e disse que teria que pagar pelos atos que cometeu.

Na entrevista, Betty confirmou que teve um namoro com o ator no passado e que ele sempre foi um cara respeitador, um verdadeiro "gentleman". A profissional da dramaturgia conta que somente tem elogios para a celebridade e lembra do tempo em que os dois atuaram juntos na novela 'Tieta', que marcaria sua carreira para sempre e que está sendo reprisada aos fins de semana pelo Viva, canal a cabo vinculado ao grupo Globo.

Publicidade

“Depois do (José) Wilker, foi o ator com quem mais contracenei. Passamos por situações constrangedoras. Somos do tempo em que não havia ônibus-camarim, a gente trocava de roupa numa Kombi", lembra a famosa, que nega que o ator tivesse comportamentos de um assediador. Em algumas gravações, a atriz conta que precisava urinar em um pote e apenas solicitava que o ator olhasse para o lado. Respeitando, ele obedecia. A atriz garante que conhece muito o homem que um dia ficou e que essa história está muito mal contada.

Ao ser questionada sobre a confissão do artista em uma carta, a profissional da dramaturgia diz que isso não diz nada e que ela não iria discutir isso. #Famosos