Bruno, da dupla #Bruno e Marrone, realmente não está em seus melhores dias, segundo o site TV Foco. No último sábado (27), a dupla Bruno e Marrone fez um show na Fenamilho (Festa Nacional do Milho de Patos de Minas), uma festa tradicional na cidade de Patos de Minas. Quando os dois subiram no palco, o público notou que o cantor estava nitidamente alterado.

Conforme os vídeos registrados pelo público, que podem ser vistos ao final da matéria, Bruno não aparece no palco diversas vezes e deixa o parceiro Marrone cantando sozinho. Como ele é o homem da segunda voz, praticamente quem canta a música é o público. Alguns segundos depois, Bruno aparece e começa a perturbar o colega, tocando em suas partes íntimas.

Publicidade
Publicidade

Marrone fica incomodado, mas consegue conduzir a música até o fim.

Em outro vídeo, é possível ver Bruno com um copo de uma bebida, possivelmente cachaça, e oferece para um músico, que a rejeita. Por várias vezes ele vai e volta com o copo da bebida em direção ao parceiro, até que o vídeo termina.

Repercussão nas redes sociais

O público que estava presente parece não ter gostado da reação do cantor Bruno e exigiu, no mínimo, a retratação do cantor. Alguns disseram se tratar de um desrespeito à população patense, outros criticaram o profissionalismo de Bruno. Teve também quem levasse na piada.

Polêmica com Faustão

Nessa segunda-feira (29), aqui na Blasting News, a coluna Superinteressantes noticiou a polêmica entre o cantor e o apresentador Faustão. No domingo (28), o apresentador deu duras 'cutucadas' no cantor, que não gostou e revidou com uma resposta 'atravessada' a Faustão.

Publicidade

Tudo aconteceu porque o maior apresentador da TV brasileira sabe da íntima amizade do sertanejo com um dos homens mais odiados do Brasil, Joesley Batista, dono da Friboi e JBS.

Na primeira cutucada, Faustão disse que o sapato do cantor sertanejo era de couro de animal e que se o Ibama passasse ali, ele seria preso. Bruno não não gostou e, na sequência, o dono do 'Domingão', antes mesmo da dupla cantar “Enquanto eu Brinco, Cê Chora”, associou a canção ao momento político do país.

Ele disse: “Isso é coisa da Lava Jato, os caras brindando e o Brasil chorando”, falou Faustão. Neste momento, Bruno olhou fulminantemente ao apresentador, demonstrando desaprovação. Ele ainda perguntou quem tinha composto a música e foi a vez de Bruno retribuir a gentileza. Ele disse que não sabia e mandou Fausto olhar no encarte. Por sua vez, o homem do domingo global disse que se nem eles sabiam, não devia ser importante.

O 'esquecimento' de Bruno, inclusive, gerou uma revolta na compositora do sucesso.

Vídeos do show

#Bêbado #Fenamilho