Bruno e Marrone estão dando o que falar. A dupla protagonizou um polêmico momento nesta semana, em que a bebedeira de um, acabou influenciando diretamente na imagem do outro.

Tudo aconteceu durante o show dos sertanejos na cidade Pato de Minas, durante a Feira Nacional do Milho (Fenamilho). #Bruno teria passado da conta no consumo de álcool, o que acabou resultando em uma situação bem vexatória.

Durante o show, entre uma abastecida e outra no copo, o #Cantor de “Dormi na Praça” se deixou levar pela espontaneidade e começou a fazer carícias íntimas no colega Marrone. Mesmo tentando fugir da situação desagradável, Marrone não conseguia se esquivar do parceiro insistente e demonstrou grande desconforto na ocasião.

Publicidade
Publicidade

Em outro momento dos registros feitos por fãs, Bruno insiste para que o colega beba em seu copo, e mesmo diante da grande recusa, o cantor não para de empurrar o copo em direção ao rosto do amigo, que no momento tenta tocar um arcodeão apesar de todos os empecilhos.

Bruno faz vídeo de desculpas e declara vontade de se apresentar novamente na cidade

Depois do episódio, no mínimo dramático, Bruno postou em seu Instagram um vídeo em que pede desculpas sobre o ocorrido. Na gravação, o cantor informa que o comportamento foi decorrente da mistura da bebida com remédios que ele havia tomado horas antes do show.

Ele ainda ressaltou que tem o hábito de beber e que nunca teve problemas, pois é bem resistente ao álcool. Bruno completa dizendo que a dupla deseja realizar outro show na cidade, para compensar a situação desagradável.

Publicidade

O parceiro Marrone, grande vitima das brincadeiras de Bruno durante o porre, compartilhou o vídeo e prestou solidariedade ao colega de trabalho. O público, de modo geral, também demonstrou apoio e compreensão nos comentários.

Patrocinadores ameaçam retirar o cachê pela apresentação

Apesar do pedido público de desculpas, Bruno e Marrone podem sofrer uma grande penalização por causa do episódio. Um dos patrocinadores se incomodou muito com o ocorrido e pode ser que solicite ressarcimento do cachê pago aos músicos.

Em uma participação no programa Domingão do Faustão, a dupla também protagonizou uma situação delicada. Faustão fez comentários a respeito da investigação da Lava Jato e Bruno ficou claramente desconcertado.

Tudo porque a dupla tem certa amizade com Joesley Batista, dono da JBS, uma das peças chave da investigação que desmonta um dos grandes esquemas de corrupção do país.

Percebendo a situação desconcertante, Marrone foi novamente quem salvou o colega do constrangimento, interrompendo o diálogo antes mesmo que Bruno perdesse a linha com o apresentador do Domingão.

Embora tenha demonstrado interesse em se apresentar novamente em Pato de Minas para compensar o show falho, a dupla ainda não tem agenda na região.