O comentarista esportivo da Rede Globo, Walter Casagrande, participou do programa “Bem, Amigos”, apresentado por Galvão Bueno no canal fechado SporTV, na segunda-feira (8) e comentou sobre as declarações de apoio a #bolsonaro que foram dadas pelo volante do Palmeiras, #Felipe Melo, e pelo meio-campista do Corinthians, Jadson.

Casagrande afirmou que vivemos em uma democracia e, por isso, todos têm direito a opinar sobre política e apoiar qualquer candidato. “Só que é preciso saber do que está falando”, disse o ex-jogador.

Segundo ele, é preciso saber por que está apoiando determinado político. “Porque você é um ídolo e influencia um monte de pessoas”, finalizou o ex-jogador que foi um dos principais nomes do movimento político mais forte dentro do futebol brasileiro: a Democracia Corintiana, no início da década de 1980, quando o país ainda vivia o regime militar.

Publicidade
Publicidade

Para ficar claro de quem falava, Casagrande comentou que se referia a um jogador do Palmeiras e a outro do Corinthians.

Felipe Melo

O volante palmeirense não foge de polêmicas e no dia 1º de maio, data em que é comemorada o Dia do Trabalho, o jogador postou um vídeo polêmico nas redes sociais.

No vídeo, Felipe Melo pede que Deus abençoe os trabalhadores e diz que “vagabundo” tem que levar pau. O volante termina dizendo a emblemática frase: “Bolsonaro neles”. Foi justamente esta finalização que causou toda a polêmica.

Felipe Melo foi bastante criticado por parte dos torcedores e o ex-jogador e hoje apresentador Neto, desafeto declarado do palmeirense, achou absurdo o apoio volante ao deputado federal.

Jair Bolsonaro gravou um vídeo atacando Neto, a quem chama de bobalhão, e agradecendo Felipe Melo pelo apoio.

Publicidade

Jadson

Na última semana, o meia do Corinthians deu entrevista ao UOL e quando foi perguntado sobre política também elogiou Bolsonaro. Segundo o jogador, os políticos estão sem credibilidade com o povo e Bolsonaro parece ser um cara correto. Jadson disse ainda que se Bolsonaro se candidatar à Presidência terá o seu voto porque briga pelos valores da família.

Jair Bolsonaro é pré-candidato à Presidência da República nas eleições do ano que vem. O parlamentar aparece bem cotado em todas as pesquisas que estão sendo divulgadas e tem bastante apoio dos eleitores jovens.

A ida do hoje deputado federal ao segundo turno das eleições presidenciais do ano que vem parece algo quase certo, pelo menos neste momento. #Walter Casagrande