Dois anos após a morte de um homem na piscina da casa de Demi Moore, ela começou a ser processada agora, em 2017, pelos pais do rapaz.

Entenda o caso

De acordo com o site TMZ, Demi Moore estava viajando quando um caseiro que cuida do local decidiu dar uma festa para um grupo de jovens, regada a muita agitação e bebida alcoólica.

A festa durou até altas horas, mas nenhuma das pessoas deu falta da vítima, o jovem Edenilson Steven Valle, de 21 anos, que foi encontrado morto afogado na piscina de Demi Moore momentos depois.

Na época, o fato esteve em destaque em todos os tabloides norte-americanos.

Versão da polícia

Agentes da polícia local disseram que a vítima havia contado aos amigos que não sabia nadar.

Publicidade
Publicidade

Porém, como havia ingerido álcool a noite toda, provavelmente tropeçou, caiu na piscina e morreu afogado. Ocorre que os amigos do rapaz disseram que ele não bebia. Por isso, a morte dele passou a ser levada como um "mistério".

Demi ficou chocada

Na época dos fatos, Demi Moore, ao se pronunciar sobre o caso, disse ter ficado chocada, bem como prestou solidariedade aos amigos e família do rapaz morto. Ainda há rumores de que Demi tenha colocado a residência à venda depois de tudo.

Mais um episódio

Os pais do rapaz decidiram processar Demi Moore, alegando que não havia qualquer menção à profundidade da piscina e nem sequer sinalizações de segurança em volta do local. Ainda disseram que as pedras que ornamentavam a área externa eram propícias para que as pessoas que por ali passassem viessem a escorregar.

Publicidade

Segundo a família do rapaz, a temperatura da água da piscina também pode ter contribuído para a morte da vítima.

Se não bastasse usarem indevidamente a casa de Demi, parece que a atriz irá se incomodar muito com esse caso.

Nos Estados Unidos, o Direito é feito de precedentes judiciais, diferentemente do Brasil, onde prevalecem as leis. Por isso, algumas decisões dos juízes norte-americanos talvez jamais fossem acatadas no território nacional.

Existem muitos episódios de fatos que, ao senso comum, parecem absurdos, mas que geraram indenizações milionárias às pessoas que as solicitaram nos Estados Unidos. Justamente por isso, é bem provável que Demi Moore venha a ter que gastar uma pequena fortuna por conta da morte do rapaz Edenilson Steven Valle, embora nem sequer tenha contribuído (ao menos diretamente) para a morte dele. #processo #DemiMoore #Crime