Na noite desta última terça-feira 02, começou a circular na web o possível depoimento prestado pela grande vencedora do Big Brother Brasil 2017, Emilly Araújo à delegada Viviane Costa Ferreira, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM), de Jacarepaguá no Rio de Janeiro, dia 17 de abril.

O documento, que relata informações fornecidas por Emilly 'em juízo', foi repassado pela equipe de jornalismo da UOL, e a mesma indagou a sobre os dados descritos com a delegada Márcia Noeli, atual chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), que declarou não saber informar a veracidade do texto, pois a mesma não se encontrava com as cópias do depoimento, deixando a entender que o documento pode sim se tratar da declaração oficial da ex-participante do #bbb17.

Publicidade
Publicidade

O texto divulgado em questão, cita diversos trechos que possivelmente foram declarados por Emilly; em um deles, a ex-BBB citara o ótimo convívio com o namorado Marcos Harter no início do namoro, retribuindo ao ex-brother adjetivos como: maravilhoso, atencioso e carinhoso. No decorrer do 'depoimento', Emilly teria demonstrado que conforme o tempo foi passando, as atitudes de Marcos foram deixando de ser cordiais e passaram a ser constrangedoras. A ex-BBB chegou a citar uma conversa que teve com a finalista Ieda, onde confidenciou que Marcos havia lhe agredido, causando algumas lesões constatadas até mesmo pelo médico plantonista da emissora, porém por amor à Marcos, ela não teria feito nenhuma denúncia.

Em outro trecho do texto, Emilly teria afirmado ter sido vítima de diversos apertões e beliscões e que as atitudes se tornavam mais frequentes e intensas a cada dia de confinamento, porém a paixão pelo cirurgião fez com que ela ficasse omissa às agressões e sempre perdoasse o namorado.

Publicidade

Durante a declaração, a campeã do BBB, chegou a relatar que durante o jogo, o casal se separou por 4 vezes, sendo que em todas, houve reaproximação por parte de ambos.

No final do 'depoimento', a estudante de 20 anos declara não necessitar de medidas protetivas, e que está ciente de seu direito de solicitá-las a qualquer momento.

Entenda o caso

Emilly de 20 anos e Marcos de 37, viveram o romance mais polêmico de todas as dezessete edições do BBB produzidas pela Rede Globo. O casal que desde os primeiros dias de confinamento manteve uma relação amorosa repleta de discussões, protagonizou sua última briga na madrugada do dia 10, no interior da casa. Marcos, que demonstrava estar com os nervos à flor da pele, encurralou a namorada contra a parede e disparou inúmeros insultos enquanto segurava e apertava rispidamente os braços e pulsos de Emilly.

Expulso do BBB17 por sua conduta, Marcos foi intimado a prestar depoimento à DEAM na manhã do dia 12 de abril e segue sendo investigado pelo Ministério Público. #Emilly e Marcos #Depoimento de Emilly