Considerada um dos grandes ícones da televisão brasileira, a apresentadora Eliana [VIDEO] vem enfrentando o maior drama de sua vida até hoje. Ela, que aos 43 anos está em sua segunda gravidez, gera em seu ventre a pequena Manuela.

Ela, que desde que descobriu a gravidez vem enfrentando algumas complicações, declarou recentemente que está lutando para salvar sua filha. Diagnosticada com descolamento de placenta dias antes de completar 5 meses de gestação, a apresentadora do SBT se viu obrigada a se desligar totalmente do trabalho, bem como de sua agenda pública e compromissos sociais para enfrentar uma luta diária para evitar uma gravidez prematura.

Publicidade
Publicidade

Buscando o melhor para a filha, #Eliana optou por se internar em um renomado hospital de São Paulo, a fim de que, com os cuidados recebidos em tempo integral pelos especialistas, ela consiga manter Manuela protegida em seu ventre por mais tempo. Proibida de fazer qualquer esforço, a apresentadora se mantém deitada a maior parte do tempo e evita receber visitas. A única exceção são as visitas diárias de seu primogênito Arthur, de 5 anos, fruto de seu relacionamento com o diretor João Marcelo Bôscoli e seu atual companheiro e pai de Manuela, Adriano Ricco.

Muito querida pelo público, Eliana vem mantendo seus fãs e seguidores tranquilos, postando constantemente seu boletim clínico e enviando mensagens positivas e de fé. Nesta última terça-feira, dia 30 de maio, a apresentadora postou em seu perfil oficial no Instagram uma foto onde ela aparece no ombro do 'Cristo Redentor', no Rio de Janeiro, seguida da legenda: ''Andar com fé eu vou, que a fé não costuma 'faiá''.

Publicidade

A publicação instantaneamente, após ser compartilhada por ela, conquistou milhares de curtidas e mensagens de apoio e pensamentos positivos.

Descolamento de placenta

Um quadro grave que acomete diversas gestantes ao redor do mundo, o descolamento de placenta é um dos principais motivos de morte fetal.

A placenta é responsável pelo envio de alimentos e nutrientes ao bebê e também é responsável pela oxigenação do feto, durante todo o período da gravidez. De acordo com informações dadas pela médica, Maria Lúcia Oppermann, chefe do Centro Obstetrício do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, o descolamento pode ser completo ou parcial. Quando a placenta é totalmente descolada do útero, é necessária uma interrupção urgente, a fim de salvar o bebê e a mãe, pois ambos ficam expostos a contaminação. Quando o quadro é diagnosticado como parcial, recomenda-se total repouso e assistência médica para que gestante consiga segurar o bebê por mais tempo em seu ventre, evitando um nascimento antecipado.

Pelo que a especialista tem acompanhado do quadro de saúde de Eliana, a apresentadora deve ser poupada ao máximo de esforços físicos e pressões psicológicas que acarretem estresse, pois só com corpo e mente descansados é que ela conseguirá uma gestação 'saudável'. #gravidez de Eliana #Eliana descolamento de placenta