Que #Emilly Araújo, campeã do #bbb17, teve uma vida sofrida e pobre todo mundo já sabe, até mesmo porque ela fez questão de deixar isso muito claro, quando estava dentro da casa mais vigiada do Brasil. Contudo, o que ela não mencionou dentro do reality show é que sua família também possui um passado sombrio.

Durante o Big Brother Brasil, Emilly se mostrou uma jovem bastante destemida e, até mesmo, muito experiente para a sua pouca idade. Ela vivia falando de suas aventuras, viagens, namoros, das baladas e shows dos quais sempre conseguia, de uma forma ou de outra, participar. Mesmo tendo origem muito simples e, em função da doença grave da mãe, ela sempre aproveitou ao máximo toda e qualquer oportunidade.

Publicidade
Publicidade

Quem acompanhou a jovem no BBB viu que ela não tinha papas na língua e enfrentava quem quer que fosse. Emilly apaixonou-se por Marcos Harter e formou o casal "Dolly", sem dúvida alguma o mais conturbado de todas as edições do Big Brother Brasil. Infelizmente "Doc" foi expulso poucos dias antes da final, por causa de uma suposta agressão à gaúcha. Mas, isso tudo já ficou para trás.

Campeã e com R$ 1,5 milhão no bolso, assim que deixou o programa, Emilly reuniu sua família (pai, irmã e sobrinho) e todos foram morar no Rio de Janeiro. Por enquanto, a gaúcha paga um aluguel de R$ 11 mil em um apê luxuoso. Porém, ela já anunciou que pretende comprar um imóvel na "Cidade Maravilhosa".

Deslumbrada e, agora, "rica", Emilly e Mayla caíram na farra, aproveitando a fama pós-reality. Mas, nem tudo são flores, principalmente para aqueles que optam por tornar suas vidas públicas.

Publicidade

Mas, afinal de contas, o que Emilly e sua família se esforçaram tanto para esconder?

De acordo com o portal de notícias online TV Foco, finalmente foi revelado porque Emilly sempre fez questão de esconder sua irmã mais velha. A mãe de seu adorável sobrinho já se envolveu em crimes graves. Saiba mais.

Irmã mais velha de Emilly já esteve presa

Mayla e Emilly sempre falaram muito do sobrinho, um dos grandes amores das ex-BBBs. Mas, poucas vezes tocaram no nome da irmã ou apareceram com ela em fotos, e o motivo finalmente foi revelado.

Carine de Araújo Corrêa, irmã mais velha das gêmeas e mãe do "princeso", já esteve envolvida com a criminalidade. Em 2008, Carine foi presa na Operação Caravaggio, por formação de quadrilha, furto e roubo.

É exatamente por causa do passado criminoso da irmã que as ex-BBBs não fazem questão de tê-la por perto e a mantêm longe dos holofotes.

Estas informações foram dadas em primeira mão pelo programa do SBT "Fofocalizando". #Famosos