Viciada em músicas sertanejas e confessadamente apaixonada pelo estilo musical, a vencedora do Big Brother Brasil 2017 disse que os seus próprios familiares não suportaram permanecer no apartamento alugado por ela e “‘correram” do local por causa do volume e a repetição das músicas sertanejas tocadas por Emilly Araújo. Ela, o pai Volnei Alves e a sua irmã gêmea Mayla largaram Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, para morar no Rio de Janeiro.

A gaúcha veio para o Sudeste em busca de um sonho de criança: se tornar atriz da Rede Globo, que, inclusive, já renovou o contrato com #Emilly. Ela está sendo cotada para participar da nova versão do programa “Trapalhões”, que começa no início de maio.

Publicidade
Publicidade

“Bom dia meus amores. Só eu que quando vicio numa música escuto até o pai e a dinda sair do apartamento por não aguentar mais? (Risos) (sic)”, postou em sua rede social a campeã do BBB17. Em resposta, muitos seguidores da gaúcha alertaram Emilly sobre as amizades que ela está fazendo agora e que, de acordo com esses mesmos fãs, quando a gaúcha estava na disputa, viviam detonando a ex-sister nas redes sociais.

“Bom dia meu anjo, tome cuidado com as pessoas em sua volta, uma das que você jantou ontem falava muito mal de você aqui enquanto você estava na casa (sic)”, alertou uma seguidora da gêmea.

“Lembrando que muitos se aproximam, elogiam por interesse na frente e por trás falam mal, abre o olho e analisa quem é quem”, alertou outra seguidora da campeã do BBB.

Publicidade

Ainda com relação à informação de que Emilly participará do programa “Trapalhões” da Globo, há a notícia de que a gêmea estará estreando ao lado de sua adversária no BBB, Vivian Amorim. De acordo com informações, as duas foram notificadas sobre a possibilidade de participação ao lado de Dedé – que já foi visto ao lado da gaúcha jantando em um shopping na cidade do Rio de Janeiro.

Emilly também já tinha sido cotada para participar da novela “Malhação”, que vai tratar sobre a violência contra a mulher e também sobre assuntos do universo feminino. A ex-sister atualmente está em busca de um estilista para melhorar o seu visual.

Há também a informação de que a gêmea já contratou um assessor de imprensa para ajudá-la nas questões da sua própria divulgação e nas questões de cachê em eventos. Ela assinou um contrato com a Globo para receber R$ 4 mil, mais algumas regalias oferecidas pela emissora.

O contrato vai até janeiro do próximo ano e o mesmo aconteceu com as outras duas ex-sister, Vivian Amorim e a aposentada Ieda, que receberão valores menores que o da gêmea. #Emilly BBB17 #BBB Big Brother Brasil